Clique e assine por apenas 6,90/mês
Delícia de Conta Por Gabrielli Menezes Dicas de comidinhas com bom custo-benefício e notas sobre promoções que agradam tanto o paladar quanto a carteira

Vale a pena ir ao Festival de Sopas Ceagesp?

Há sete anos consecutivos o evento dedicado aos mais variados tipos de caldos ocupa o Espaço Gastronômico Ceagesp. É só o friozinho chegar, para recebermos a notícia de que a temporada do Festival de Sopas tem data para começar. Desta vez, cada pessoa paga R$ 32,90 para experimentar todas as sopas à vontade. + Bufês de sopas para […]

Por Mariana Oliveira - Atualizado em 26 Feb 2017, 16h42 - Publicado em 8 May 2015, 19h31

Há sete anos consecutivos o evento dedicado aos mais variados tipos de caldos ocupa o Espaço Gastronômico Ceagesp. É só o friozinho chegar, para recebermos a notícia de que a temporada do Festival de Sopas tem data para começar. Desta vez, cada pessoa paga R$ 32,90 para experimentar todas as sopas à vontade.

+ Bufês de sopas para se servir à vontade

Foi na última quarta (6), que o portão 4 da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo abriu para os comensais ávidos por uma comida quentinha, frente aos poucos graus da noite de outono. Como consequência, uma fila se formou em frente ao local, e a espera bateu cerca de 1 hora e 15 minutos.

+ Marca espanhola cria drinque especial de outono

Continua após a publicidade

Mas, como paulistano é conhecido por gostar de se enfileirar, a organização tratou de providenciar algo para que a demora parecesse ainda menor: uma food bike vende taças de vinhos secos e suaves por R$ 10,00.

Sopa de cebola: sempre em cartaz (Foto: Fernando Moraes)

Sopa de cebola: sempre em cartaz (Foto: Fernando Moraes)

Depois de passar pela escadinha que dá acesso ao imóvel com acabamento de madeira (calma, a fila não acaba ali), são entregues as comandas. Uma descuidada mesa de frios – itens estavam acabando, e a toalha estava cheia de restos e farelos – tem queijos, embutidos e pães. O quilo sai por R$ 59,90.

+ Os melhores lugares para tomar uma xícara de chá

Continua após a publicidade

Se a sua fome sobreviver ao tempo de espera com todos esses “mimos”, você será direcionado para as mesas do térreo ou do primeiro andar. A dois, o barulho do local fechado vai incomodar. Em grupo, o lugar fica mais agradável.

Para esperar na fila, taça de vinho por R$ 10,00 (Foto: Mariana Oliveira)

Para esperar na fila, taça de vinho por R$ 10,00 (Foto: Mariana Oliveira)

De quarta a domingo, dias nos quais o festival acontece, são expostos seis sabores de sopas em uma mesa nos cantos do salão. Sempre presentes, as versões de cebola e cebola gratinada viraram tradicionais para os frequentadores.

+ Brunchs e bufês para o Dia das Mães

Continua após a publicidade

As temporárias, porém, podem agradar mais. Até o dia 10, competem com as fixas os caldos de rabada, galinha com legumes, couve-flor com queijo roquefort e uma opção verde chamada de detox.  Todas bastante saborosas.

+ O almoço vegano da Casa Jaya

Aqui, novamente, o descuido com a limpeza chama a atenção. Uma mesa com acompanhamentos como pães, cebolinha e queijo mussarela ralado fica sempre bagunçada. O grande número de pessoas também pode deixar o serviço mais demorado e a reposição de louças um pouco precária.

A mesa descuidada de complementos (Foto: Mariana Oliveira)

A mesa descuidada de complementos (Foto: Mariana Oliveira)

Continua após a publicidade

O saldo final é um evento grandioso, que atraiu quase 1 000 pessoas somente no primeiro dia desta temporada, mas que pode ser uma furada para quem procura um passeio tranquilo sem muito tumulto, barulho e filas.

+ Casamento: sete tendências para a temporada de festas

Se você não exagerar em bebidas e sobremesas (tudo pago à parte), também sairá feliz com a conta. O valor do festival é mais em conta do que a maioria das padarias. Na Bella Paulista, por exemplo, igualmente agitada, pagam-se R$ 41,00 pelo bufê de sopas, pães e frios.

Mariana Oliveira

Continua após a publicidade

VEJA TAMBÉM

+ Um bolovo nada gourmet
+ Quatro lugares para comer sanduíche de pastrami
+ Onde tomar uma xícara de chocolate quente

Publicidade