Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Delícia de Conta Por Comidinhas Dicas de comidinhas com bom custo-benefício e notas sobre promoções que agradam tanto o paladar quanto a carteira

Mais duas feirinhas de comida movimentam a cidade

Três palavras definem a cena gastronômica dos últimos anos: comida de rua. A expansão dos food trucks, que agora podem estacionar diariamente em um espaço no Butantã, o Food Park, é o movimento que mais tem chamado a atenção do público e da mídia (no início de maio, o prefeito Fernando Haddad assinou o decreto que […]

Por Sophia Braun Atualizado em 26 fev 2017, 21h55 - Publicado em 23 Maio 2014, 13h29
(Foto: Leo Feltran)

Mercado Gourmet: sanduíche de pastrami do Astor (Foto: Leo Feltran)

Três palavras definem a cena gastronômica dos últimos anos: comida de rua. A expansão dos food trucks, que agora podem estacionar diariamente em um espaço no Butantã, o Food Park, é o movimento que mais tem chamado a atenção do público e da mídia (no início de maio, o prefeito Fernando Haddad assinou o decreto que regulamenta o comércio de alimentos em vias públicas).

+ Food trucks movimentam as ruas da cidade
+ Prefeito assina decreto que regulamenta comida de rua
+ Food Park reúne trucks, trailers e barracas de comidinhas

Mas não se pode ignorar o número cada vez maior de feiras gastronômicas que ocupam a agenda cultural dos paulistanos. Desde 2012, quando a primeira edição do Mercado ocupou o pátio do Sal Gastronomia, na Consolação, durante a madrugada, pelo menos outras vinte iniciativas voltadas à venda de comidas e bebidas a preços camaradas pipocaram na cidade.

As mais famosas são o Chefs na Rua, evento itinerante que teve sua estreia na Virada Cultural daquele ano (lembra da polêmica galinhada de Alex Atala em cima do Minhocão?), e a Feirinha Gastronômica, que ocorre sempre aos domingos na Praça Benedito Calixto, em Pinheiros.

Feirinha na Hebraica: cupcakes estão entre as guloseimas (Foto: divulgação)

Feirinha na Hebraica: cupcakes estão entre as guloseimas (Foto: divulgação)

Continua após a publicidade

E essa onda não para de crescer. No domingo (25),  nasce o Festival de Comidinhas, com a proposta de reunir semanalmente cerca de vinte cozinheiros ainda pouco conhecidos. A estreia será na Rua Casa do Ator, 906, na Vila Olímpia. Das 12h às 19h haverá galinhada mineira, pamonha salgada com linguiça, acarajé, churros, paletas mexicanas e mais quitutes doces e salgados, vendidos a preços entre R$ 7,00 e R$ 25,00.

Na mesma data, o clube A Hebraica, no Jardim Paulistano, sediará o Mercado Gourmet. Chefs badalados, entre eles Benny Novak (210 DinerIci BistrôIci Brasserie e Tappo Trattoria) e Paulo Yoller (Meats), estarão espalhados pela quadra das 12h às 18h, vendendo pratos de R$ 5,00 a R$ 20,00. O pessoal do Astor irá propor uma sanduba de pastrami (R$ 15,00) e a confeiteira Cristina Paulo (S.O.S Cupcakes) guloseimas como cupcake (R$ 7,50) e naked cake (R$ 5,00). A entrada é gratuita e aberta ao público. O pagamento deverá ser feito em dinheiro.

S.B.

VEJA MAIS:

+ Restaurantes badalados vendem comida na calçada

+ Teste do hashi: os melhores rodízios de comida japonesa

+ Intervenções artísticas urbanas ocupam Galeria A Hebraica 

+ Chá: as melhores casas da cidade para tomar uma xícara quentinha

Continua após a publicidade
Publicidade