Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Cidade das Crianças Por Blog Os melhores programas para crianças e família espalhados por São Paulo. Por Maria Alice Prado (maria.alice@abril.com.br)

São Paulo recebe o maior museu de história natural da América Latina

Os 2 400 metros quadrados acompanham a evolução das espécies desde o surgimento do planeta; réplicas gigantes de dinossauros e mamutes encantam as crianças

Por Alice Padilha 13 nov 2020, 17h52

Localizado a cerca de 90 quilômetros da capital, o Zooparque Itatiba inaugurou o maior museu de história natural da América Latina, chamado de Viagem pela Evolução e Biodiversidade do Mundo, com 2 400 metros quadrados. A abertura ocorreu no começo de agosto, sem muito estardalhaço devido à atual pandemia. “Evitamos a divulgação até termos certeza de que podíamos operar com capacidade suficiente para atender a todos”, explica a bióloga Camila Piovani.

O espaço funciona como uma viagem pela origem da vida, desde a criação do planeta até a atualidade. No primeiro dos doze ambientes o visitante se depara com uma espécie de nave espacial, onde assiste a um vídeo sobre como a Terra surgiu e um breve panorama dos principais períodos históricos. Em sequência aparece a sala dos dinossauros, sucesso absoluto entre as crianças. Estão expostas uma série de réplicas de grandalhões que viviam principalmente na América do Sul, sendo o maior deles o Carcaradontossauro, com 6 metros de altura.

A partir daí, o percurso acompanha a linhagem evolutiva humana, com réplicas explicativas sobre as diferentes características anatômicas. Dá para compreender, por exemplo, em que momento as pessoas passaram a andar sobre duas pernas. Simultaneamente, aparecem conteúdos informativos sobre diversos ambientes e extremos climáticos que o planeta atravessou enquanto o Homem evoluía. Também é queridinha do público a sala sobre a Era do Gelo, com réplicas de mamutes e preguiças-gigantes. “São temas que parecem muito distantes de nós, mas que na verdade não estão. Precisamos olhar para o passado para criar novas perspectivas de futuro”, pontua Camila. Além dos animais já extintos, marcam presenças algumas espécies conhecidas atualmente, como o urso polar.

Queridinha do público: sala sobre a Era do Gelo chama a atenção com preguiças-gigantes e mamutes André Vieira Tedim/Divulgação

Devido à pandemia, o parque opera com capacidade e horários reduzidos, distanciamento social e uso de máscara obrigatório. Os ingressos devem ser agendados e os visitantes só podem comparecer em grupos pequenos, de até 5 pessoas. Há dispensers de álcool em gel espalhados pelo percurso.

O tíquete dá direito a visitar todas as atrações do local, que conta com trilhas temáticas e uma fazendinha. O trajeto tradicional do zoo tem 3 quilômetros de comprimento, onde estão dispostos mais de mil animais de 180 espécies diferentes. O endereço está localizado em um trecho preservado de Mata Atlântica e algumas espécies nativas também costumam aparecer por lá. Caso opte por passar o dia e fazer o passeio completo, o local conta com um restaurante e duas lanchonetes.

Continua após a publicidade

Zooparque Itatiba

  • Rodovia Dom Pedro I, km 95.5, Paraíso das Aves – Itatiba
  • Domingo a domingo, 9h às 17h (entrada até as 15h)
  • R$ 70,00 (entrada)
  • www.zooparque.com.br

+Assine a Vejinha a partir de 5,90

LEIA TAMBÉM

+ Festival Ciranda Cirandinha exibe noventa filmes infantis gratuitos online

+ Teatro Alfa retoma a programação presencial com duas reestreias infantis 

+ Exposição interativa sobre Louis Pasteur volta ao Sesc Interlagos

Continua após a publicidade
Publicidade