Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Cidade das Crianças Por Blog Os melhores programas para crianças e família espalhados por São Paulo. Por Maria Alice Prado (maria.alice@abril.com.br)

Cinco passeios para a garotada aprender e se divertir

Convencer as crianças a estudar nem sempre é uma tarefa fácil. Mas quando os livros já não ajudam mais, é possível recorrer a atividades que transformam o aprendizado em algo divertido (e muito mais produtivo) e a cidade oferece algumas boas opções. Elas podem dar uma forcinha para os pais sem matar ninguém de tédio. Vem ver: […]

Por Tatiane Rosset Atualizado em 27 fev 2017, 00h25 - Publicado em 30 ago 2013, 19h44

Convencer as crianças a estudar nem sempre é uma tarefa fácil. Mas quando os livros já não ajudam mais, é possível recorrer a atividades que transformam o aprendizado em algo divertido (e muito mais produtivo) e a cidade oferece algumas boas opções. Elas podem dar uma forcinha para os pais sem matar ninguém de tédio. Vem ver:

1. Catavento Cultural e Educacional

O gigantesco espaço, localizado no centro, reúne mais de 250 atrações em quatro espaços expositivos. Embora voltadas às crianças com mais de 6 anos, suas instalações, vídeos e geringonças também divertem os menorzinhos.

Tudo começa numa viagem espacial. Na área chamada Universo, a garotada desvenda o céu estrelado de São Paulo, feito de fibras ópticas. Na sequência, um ambiente parecido com uma caverna leva ao salão Vida, onde estão aquários e uma coleção de borboletas coloridas de encher os olhos, além da instalação Corpo Humano.

Repleto de interatividade, o Engenho (foto) revela-se o pavilhão mais bacana. Lá fica o gerador de Van Der Graaf, que arrepia os cabelos de quem o toca. No piso superior, o setor sociedade encerra o programa com o jogo interativo NanoAventura.

Vale o aviso: Algumas atividades têm horários fixos e necessitam de senhas —  verifique na bilheteria ao entrar. Reserve três horas para aproveitar todo o roteiro.

Parque Dom Pedro II, centro.
Tel.: 3315-0051.
R$ 6,00.

2. Aquário de São Paulo

O ponto alto do lugar, ideal para saber mais sobre a vida marinha, é o tanque gigante de 1 milhão de litros de água salgada. Para observá-lo, adultos e crianças ficam em um recinto que lembra um navio naufragado. Os peixes são vistos através de placas acrílicas quando se olha para a frente ou para o alto.

Um tubarão-mangona Pancho tem 1,80 metro de comprimento e tem 75 quilos. Vindo da Argentina, ele habita o oceanário desde novembro de 2011 ao lado de sete tubarões-lixa. Em outro setor estão mamíferos aquáticos como lontras, o peixe-boi Tapajós (foto) e o lobo-marinho Thunder.

A partir deste sábado (31), as sereias Cristal e Coral fazem apresentações para o público durante os fins de semana – depois do show, dá para interagir com elas em terra firme.

Rua Huet Bacelar, 407, Ipiranga.
Tel.: 2273-5500.
R$ 20,00 a R$ 40,00. 

Continua após a publicidade

3. Museu da Língua Portuguesa

Para a criançada, o grande atrativo é o Beco das Palavras, onde elas poderão, por meio de uma mesa interativa, formar vocábulos e descobrir seus significados e origens.

Há ainda um telão de 106 metros com projeções simultâneas sobre o uso do português e totens com a influência de outras línguas como tema. Até este domingo (1º), fica em cartaz a exposição em comemoração ao centenário de Rubem Braga.

Praça da Luz, s/nº, metrô Luz.
Tel.: 3322-0080.
R$ 6,00. 

4. Museu do Instituto Biológico

A exposição Planeta Inseto, classificada pelo Ibama e pelo Centro de Fauna Silvestre da Secretaria Estadual do Meio Ambiente como um “zoológico”, deixa a criançada bem pertinho do universo de várias espécies por meio de atividades curiosas. Entre elas, assistir a uma corrida de baratas em um circuito de madeira com cinco raias e tampo de acrílico ou tocar em larvas de bichos-da-seda.

Uma das estrelas da mostra é o besouro Titanus gigantus, considerado o maior do mundo (chega a medir 22 centímetros de comprimento). Mas o visitante também pode observar a rotina de insetos menorzinhos. As formigas, por exemplo, ficam em um ambiente construído com cubos de vidro e ligado por mangueiras de borracha.

Rua Amâncio de Carvalho, 546, Vila Mariana.
Tel.: 2613-9500/9400.
Grátis. 

5. Instituto Butantan

São quatro museus, todos em pleno funcionamento. No Biológico, há noventa animais, entre cobras de várias partes do mundo, aranhas, sapos, lagartos e escorpiões.

Através de microscópios instalados no Museu de Microbiologia, a garotada pode observar bactérias e fungos.  Completa a excursão o serpentário — ao ar livre — e o Museu Histórico, que mostra a trajetória do centro de pesquisas fundado em 1901, e uma grande área verde. Reserve no mínimo duas horas para conhecer tudo.

Avenida Vital Brasil, 1500, Butantã.
Tel.: 2627-9300.
R$ 6,00. 

Preparados para um fim de semana com muito aprendizado?

Continua após a publicidade
Publicidade