Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Cidade das Crianças Por Blog Os melhores programas para crianças e família espalhados por São Paulo

Cafonice musical de ‘Frozen’ encanta garotinhas

Assistir desenhos – e agora as sofisticadas animações – há tempos é uma das atividades preferidas de pais nos momentos de lazer com seus filhos. Desde que as grandes produtoras perceberam que vale a pena apostar em personagens e diálogos especialmente voltado aos adultos no meio das tramas infantis esse programa ficou ainda mais certeiro […]

Por VEJASP Atualizado em 26 fev 2017, 22h59 - Publicado em 16 jan 2014, 16h57

frozen2

Assistir desenhos – e agora as sofisticadas animações – há tempos é uma das atividades preferidas de pais nos momentos de lazer com seus filhos. Desde que as grandes produtoras perceberam que vale a pena apostar em personagens e diálogos especialmente voltado aos adultos no meio das tramas infantis esse programa ficou ainda mais certeiro – pode reparar, tem muito adulto mais apaixonado por Toy Story e Monstros S.A. que muita criança. Mas, lógico, isso não acontece sempre. Ainda bem.

+ As animações mais aguardadas de 2014

Vou explicar. Na semana passada aproveitei as férias para levar minha filha e mais duas amiguinhas ao cinema para ver Frozen, Uma Aventura Congelante em 3D. A saga todo mundo já está mais ou menos por dentro.  Pelas resenhas, já fui sabendo que vários momentos do filme – como as cenas da princesa Anna brincando com a irmã Elza na infância, o encontro dela com seu primeiro amor e Elza buscando sua liberdade na montanha gelada – são pontuados por muita cantoria.

+ Confira trailer, salas e horários de Frozen

Quando eu estava achando meio maçante – apesar de não ter achado excessivo como muitos disseram, só um pouco cafona mesmo – olhei para o lado e vi as três garotinhas que me acompanhavam na sessão cantando junto as músicas que tinham acabado de aprender. Olhei em volta e várias criancinhas de até sete anos faziam o mesmo. Faz sentido: nessa idade minha filha e suas amigas passam boa parte do tempo rodopiando fingindo que são princesas e inclusive cantando músicas (muitas inventadas). No fim da exibição, as três me pediram para ficar até “acabar a música” (agora na versão em inglês, junto com os créditos).

Continua após a publicidade

frozen1

Já fora do cinema, comendo pão de queijo e conversando, percebi que essa foi uma das primeiras animações que minha filha entendeu integralmente. As três comentaram seus trechos favoritos e voltaram para casa cada uma fingindo que era um personagem do filme.

Do ponto de vista adulto preciso defender a animação e dizer que dei risada em vários momentos. O roteiro é menos sofisticado e bem amarrado que muitas outras animações de sucesso, e também lotado de clichês (qual desenho não os tem?) mas ainda assim existem os personagens que se destacam para o público mais velho, como hilário boneco de neve que sonha em viver um verão (com ótima dublagem de Fábio Porchat). Se eu prefiro Toy Story 3? Claro que sim. Mas, do ponto de vista de uma garotinha de quatro anos, Frozen é a animação perfeita. Inclusive – e principalmente – por toda aquela cantoria.

* * *

Mais dicas de atrações para crianças? Clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade