Clique e assine com até 89% de desconto
Cidade das Crianças Por Blog Os melhores programas para crianças e família espalhados por São Paulo

Blythecon reúne fãs e colecionadoras da boneca no JK Iguatemi

Elas são cabeçudas, têm olhos enormes, “personalidades” e estilos diferentes uma das outras e, por isso, talvez sejam as bonecas mais desejadas do mundo. Estou falando da Blythe, bonequinha lançada nos anos 70 que será tema de uma convenção de fãs no dia 20 de setembro no shopping JK Iguatemi. No espaço, colecionadoras devem se […]

Por VEJASP Atualizado em 26 fev 2017, 20h59 - Publicado em 9 set 2014, 18h44

0000

Elas são cabeçudas, têm olhos enormes, “personalidades” e estilos diferentes uma das outras e, por isso, talvez sejam as bonecas mais desejadas do mundo. Estou falando da Blythe, bonequinha lançada nos anos 70 que será tema de uma convenção de fãs no dia 20 de setembro no shopping JK Iguatemi.

No espaço, colecionadoras devem se reunir para trocar ideias, bonecas ou ter acesso a itens como roupinhas, bonecas raras, acessórios, além de participar de workshops, como o de corte, costura e modelagem para bonecas. Blythes vestidas por estilistas como Adriana Barra e Carina Duek ficam expostas até 5/10.

Descontinuada rapidamente pelo fabricante pouco tempo após o lançamento – ela foi um fracasso de vendas! – a Blythe teve um revival através das lentes de uma fotografa americana e ganhou status de fashionista. Hoje, licenciada pela Hasbro, é objeto de colecionador.

1111

Ter uma dessas bonecas para chamar de sua não é tão simples. Originais da fábrica japonesa, suas cópias são vendidas pela internet – umas mais fiéis, outras menos – e há também os grupos de “adoção”, quando bonecas que já foram de outros colecionadores são vendidas para outros.

A grande graça, além do visual um tanto diferente, é que as Blythes podem ser totalmente customizadas, tornando cada boneca única. O surpreendente para uma leiga como eu é que existe todo um mercado em torno disso: importadores, customizadores (que transformam feições, cabelos, olhos e até a cor da pele) e estilistas de roupinhas voltadas para as bonecas. Os serviços são para o brinquedo, mas o preço é de gente grande: uma boneca customizada por um profissional famoso chega a custar 1.500 dólares.

Tá certo que, até pelo valor, os grandes colecionadores de Blythes são adultos, mas não há menina que resista a essa bonequinha. Prova disso foi o modo como fiquei sabendo da convenção: quando minha filha viu duas moças no shopping tirando fotos de suas Blytes, saiu correndo para pedir para ver as bonecas mais de perto. Uma delas era a estilista Thais Gusmão, que além de colecionadora (em sua loja de underwear há diversas peças estampada com a  com a bonequinha) é a responsável pela organização e anfitriã do evento.

Por Marina Fuentes

Continua após a publicidade
Publicidade