Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Corrida Por Marcos Paulo Reis Dicas sobre corridas para praticantes do esporte, por Marcos Paulo Reis.

Publicitário emagrece mais de 10 quilos com corrida e dieta da sopa

O publicitário Ricardo Chester, de 47 anos, era um apaixonado praticante de tênis. Mas há seis anos, para perder peso, decidiu começar a correr. O início foi na esteira, em casa mesmo. Ele fazia 20 minutos, depois passou para 25, atingiu meia hora, até chegar a uma hora. Correr 10 quilômetros, três vezes por semana, […]

Por Marcus Oliveira Atualizado em 26 fev 2017, 22h03 - Publicado em 8 Maio 2014, 09h00
O publicitário Ricardo Chester com 98 quilos e depois com 85,5 quilos, na prova de Chicago

O publicitário Ricardo Chester com 98 quilos e depois com 85,5 quilos, na prova de Chicago

O publicitário Ricardo Chester, de 47 anos, era um apaixonado praticante de tênis. Mas há seis anos, para perder peso, decidiu começar a correr. O início foi na esteira, em casa mesmo. Ele fazia 20 minutos, depois passou para 25, atingiu meia hora, até chegar a uma hora. Correr 10 quilômetros, três vezes por semana, tornou-se rotina. Até que ganhou de um sobrinho um kit de uma prova.

“Não tinha a menor ideia de onde estava me metendo. Fui para a USP às seis da manhã de um domingo achando que seria um evento de umas 500 pessoas. Eram 20 000! Depois desse dia, nunca mais deixei a corrida – o tênis, sim”, conta.

+ Empresário perde 40 quilos em quatro meses e treina para maratona

Correndo, ele conseguiu baixar os ponteiros da balança. Foi de 98 para 88 quilos, o que considera ideal para seu 1,87 metros de altura. E o que é melhor: vem mantendo o peso ao longo dos anos. Mais leve, Chester começou a se aventurar também em distâncias maiores. Já fez nove maratonas – a melhor delas em Chicago, em 2013, com o tempo de 03h58m33s.

Foi durante a preparação para essa prova, inclusive, que decidiu enxugar um pouco mais seu peso e fazer ajustes em sua dieta, chegando a 85,5 quilos. “Ali, pude sentir pela primeira vez a diferença que é você entrar mais forte e magro em uma prova. A corrida fica mais tranquila e você desfruta mais das suas quatro horas de exercício contínuo. Então, para a Maratona de Chicago 2014, vou repetir a dose. Quero chegar lá uns quatro ou cinco quilos mais leve do que agora.”

Dieta

Sopa creme de legumes cozidos e batidos no liquidificador no jantar é um dos segredos para eliminar peso

Sopa creme de legumes cozidos e batidos no liquidificador no jantar é um dos segredos para eliminar peso

E como uma brincadeira, o publicitário começou a compartilhar entre os amigos, pelas redes sociais, o que ele apelidou de #dietadosinferno. Mas, na real, não se trata de um programa restritivo. Seu café da manhã é normal. O almoço – feito em um restaurante bom e barato perto do trabalho – é vegetariano nos dias úteis. Seus lanches intermediários são frutas ou barrinhas de cereais. À noite, ele vai de sopa. “Eu sou glutão, não escondo. Mas como não consumo bebidas alcoólicas, não sou muito chegado a doces e sorvetes, mesmo me alimentando com quantidades mais generosas, saio pouco da linha”, revela.

+ Como melhorar o seu desempenho na caminhada

Para os curiosos, a sopa, que é a grande “estrela” do cardápio do Chester, na verdade é um creme de legumes cozidos e batidos no liquidificador. “Foi ideia minha, porque assim não fico com a sensação de estômago muito cheio ao dormir. De vez em quando procuro ajuda de uma nutricionista, mas aviso logo na primeira consulta que o radicalismo não é comigo. Na prática, por mais saudável que seja, você ficar cinco meses sem um pastel de queijo ou uma concha de feijão cheia de Nutella, cá entre nós, é que é um inferno.”

Continua após a publicidade
Chester publicou uma foto com seu melhor tempo na prova de Chicago

Chester publicou uma foto com seu melhor tempo na prova de Chicago

Se você também está querendo baixar os ponteiros da balança e vencer o cronômetro na corrida, o publicitário dá algumas dicas:

1) “não tomar refrigerante (mesmo os diets)”;

2) “tirar o miolo do pão e comer só metade dele”;

3) “cortar frituras, sorvete de massa e álcool”;

4) “se for para chutar o balde, que seja em apenas um dos dias do fim-de-semana”;

5) “encha a gaveta do trabalho de barrinha e coma pelo menos uma fruta por dia”;

6) “use suplementos vitamínicos multifuncionais para ter a sensação de que não está devendo nada ao organismo, mesmo tirando tanto dele com o exercício e com a dieta”;

7) “faça um mega e detalhado check-up de coração e sangue antes de tudo isso. Às vezes a gente acha que está emagrecendo e, na verdade, só está deixando o terreno livre para problemas de saúde depois”.

Para o futuro, o publicitário só deseja continuar em condições físicas para correr suas maratonas. “Gostaria de fazer Londres, Tóquio, Roma e Berlim. Essa sensação de correr e ver milhões de pessoas nas ruas gritando o seu nome é algo difícil de explicar. Deve ser a mesma sensação dos grandes astros do rock depois de um show. E deve ser por isso – por conta dessa sensação – que nenhum dele quer se aposentar”, diz.

A história do Chester só vem reforçar que não existem milagres e que manter a linha e ter boa saúde é mesmo uma questão de equilíbrio. Inspire-se e saiba onde encontrar bons parques para correr na página de Esporte de VEJASAOPAULO.COM.

Continua após a publicidade
Publicidade