Itaquerão terá outro jogo-teste antes da Copa

Para alegria do Sr. Gilberto, dono do Boteco do Bigode, que fica próximo à Estação Artur Alvim do metrô – e que secou o estoque de cerveja no primeiro jogo do Corinthians na nova casa -, o Itaquerão vai receber mais uma partida-teste antes da abertura da Copa do Mundo. Após um primeiro experimento considerado […]

Jogo contra o Figueirense reuniu 37 000 torcedores

Jogo contra o Figueirense reuniu 37 000 torcedores

Para alegria do Sr. Gilberto, dono do Boteco do Bigode, que fica próximo à Estação Artur Alvim do metrô – e que secou o estoque de cerveja no primeiro jogo do Corinthians na nova casa -, o Itaquerão vai receber mais uma partida-teste antes da abertura da Copa do Mundo. Após um primeiro experimento considerado “bem-sucedido” pela Fifa e pelo Comitê Organizador Local (COL). A pedido da entidade máxima do futebol, o jogo entre Corinthians e Cruzeiro, que aconteceria no Canindé, será na arena de Itaquera no dia 29 de maio, uma quinta-feira, às 16h.

#gallery-2 {
margin: auto;
}
#gallery-2 .gallery-item {
float: left;
margin-top: 10px;
text-align: center;
width: 33%;
}
#gallery-2 img {
border: 2px solid #cfcfcf;
}
#gallery-2 .gallery-caption {
margin-left: 0;
}
/* see gallery_shortcode() in wp-includes/media.php */

A ideia é testar o estádio com capacidade máxima e colocar os corintianos para pular nas arquibancadas provisórias e ver se aguentam o impacto do primeiro gol do timão (se acontecer).

Outra exigência da Fifa foi para que a partida acontecesse à tarde, e não à noite (como seria normalmente no meio da semana), para que o acesso ao estádio pudesse ser testado novamente. No jogo entre Corinthians e Figueirense, houve muitas reclamações quanto à chegada à Arena Corinthians para os que optaram por ir de carro e não utilizaram o transporte público.

Os acessos aos bairros da região, mesmo para quem não estava nem ai para o jogo, foi bastante prejudicado. “Fecharam a entrada da Radial Leste que dava na rua da minha casa e demorei uma hora no trânsito para achar um retorno”, conta Guilherme Almeida. Os marronzinhos da CET consultados pela reportagem não sabiam informar outras opções de caminhos.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s