Clique e assine por apenas 6,90/mês
Cine Vejinha Por Blog Tudo sobre cinema, estreias e os melhores filmes

“A Vida de Outra Mulher”

Por Miguel Barbieri Jr. Atriz de talento, Juliette Binoche vem se envolvendo em filminhos de conteúdo duvidoso. Depois do medíocre drama “Elles”, ainda em cartaz, estrela essa tola comédia romântica, primeiro longa-metragem escrito e dirigido pela atriz Sylvie Testud. Com jeitão de enredo americano, a história começa quando Marie (Juliette), de 25 anos, descola um […]

Por VEJASP - Atualizado em 27 fev 2017, 12h11 - Publicado em 17 ago 2012, 11h42

Por Miguel Barbieri Jr.

”A Vida de Outra Mulher”: Marie (Juliette Binoche) tem 25 anos e acorda pensando ter 41

Atriz de talento, Juliette Binoche vem se envolvendo em filminhos de conteúdo duvidoso. Depois do medíocre drama “Elles”, ainda em cartaz, estrela essa tola comédia romântica, primeiro longa-metragem escrito e dirigido pela atriz Sylvie Testud. Com jeitão de enredo americano, a história começa quando Marie (Juliette), de 25 anos, descola um emprego na empresa do milionário Dimitri Speranski (Vernon Dobtcheff) e tem uma noite de amor com o filho dele, Paul (Mathieu Kassovitz). Ao acordar, a protagonista leva um tremendo susto. Além de ser seu 41º aniversário, ela é mãe de um garoto, ficou rica e mora num belo apartamento pegado à Torre Eiffel. Contudo, o trabalho no mercado financeiro ao lado do sogro a afastou do marido, o mesmo Paul do passado. Sem se lembrar de absolutamente nada, Marie tem agora a chance de acertar os ponteiros com o amado. Um ponto de partida curioso se perde em piadas previsíveis (Marie não sabe da morte de Michael Jackson nem que o dinheiro francês é o euro) e na falta de timing cômico da realizadora. O desfecho acelerado também contribui para a frustração.

+ Os melhores filmes em cartaz; salas e horários
+ “A Vida de Outra Mulher”: onde assistir

AVALIAÇÃO: ✪

Continua após a publicidade
Publicidade