Clique e assine por apenas 6,90/mês
Últimas de São Paulo Por Blog Notícias quentes e bastidores da cidade

São Paulo reage a grampo de Lula e Dilma com panelaço

Depois que foi divulgada pela Justiça do Paraná nesta quarta (16), a íntegra de diálogos entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff, paulistanos reagiram com panelaços e vuvuzelas em vários bairros da cidade no começo da noite. O panelaço deve ser ainda maior no horário do Jornal Nacional, que começa […]

Por Carolina Giovanelli - Atualizado em 26 fev 2017, 12h51 - Publicado em 16 mar 2016, 20h24

higienopolis

Depois que foi divulgada pela Justiça do Paraná nesta quarta (16), a íntegra de diálogos entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente Dilma Rousseff, paulistanos reagiram com panelaços e vuvuzelas em vários bairros da cidade no começo da noite.

O panelaço deve ser ainda maior no horário do Jornal Nacional, que começa às 20h30, na TV Globo. Organizações pró-impeachment como Brasil Livre e Vem Pra Rua convocaram a ação pelo Facebook em resposta à nomeação do ex-presidente Lula como ministro-chefe da Casa Civil. Porém, a divulgação dos grampos precipitou as ações.

Entenda o caso

Continua após a publicidade

Gravações da Polícia Federal, com autorização do juiz federal Sergio Moro, indicam que a presidente agiu para tentar evitar a prisão de Lula, nomeado nesta quarta-feira (16) ministro da Casa Civil, pela Lava Jato. O juiz Moro incluiu hoje no inquérito que investiga o diálogo em que Dilma afirma a Lula que encaminhará a ele um “termo de posse”, a ser usado “em caso de necessidade”. A conversa foi gravada hoje às 13h32.

Publicidade