Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
CASACOR Tendências de decoração, arquitetura, design e paisagismo com curadoria

Melina Romano inaugura escritório de arquitetura no Edifício Itália

Linhas orgânicas, biofilia, ambientes multifuncionais e traços minimalistas respondem pela leveza do espaço localizado no 31º andar do Edifício Itália

Por Marina Pires/CASACOR Atualizado em 9 ago 2021, 08h32 - Publicado em 12 ago 2021, 10h00
No icônico Edifício Itália, Melina Romano projeta seu novo escritório
Denilson Machado/Veja SP

Não foi preciso muita busca até que a designer de interiores Melina Romano, do elenco CASACOR São Paulo, pisasse no icônico Edifício Itália e sentisse: “É aqui”. As vigas nas paredes planejadas por Franz Heep, a iluminação natural e a vista deslumbrante para a cidade de São Paulo conquistaram Melina, que decidiu fazer daquele metro quadrado do 31º andar do Edifício Itália seu novo escritório: a Casa MR

“Estar no centro da cidade nos impulsiona a transcender como marca: perto de nossas raízes e no centro das tendências”, conta a profissional. 

No icônico Edifício Itália, Melina Romano projeta seu novo escritório
Denilson Machado/Veja SP

O projeto da Casa MR se desdobra em ambientes integrados. Cada detalhe do escritório precisa ser enxergado pelos clientes, assim, leves divisórias com cortinas de tecido translúcido foram aplicadas. 

No icônico Edifício Itália, Melina Romano projeta seu novo escritório
Denilson Machado/Veja SP

A atmosfera leve e harmoniosa alcançada decorre do diálogo entre as linhas orgânicas do edifício e os traços minimalistas de Melina.

“Queríamos trazer ao projeto traços que conversassem com a arquitetura do prédio”, diz a designer. “Apostamos em acabamentos brancos, texturas, cores neutras e peças de impacto no mobiliário. Nosso escritório tem esse apelo essencial.”

No icônico Edifício Itália, Melina Romano projeta seu novo escritório
Denilson Machado/Veja SP

A linguagem minimalista e atemporal do projeto possibilitou que o espaço se tornasse uma folha em branco, pronto para se adequar à constante transformação e evolução diária da marca.  

Continua após a publicidade

A partir dessa base, a designer inseriu sutis doses de cores que agradam o olhar. Trouxemos cores que conversassem com a nossa marca, de preferência trabalhamos com tons da natureza, mas, quando não, tentamos usar tons não saturados”, conta Melina. 

No icônico Edifício Itália, Melina Romano projeta seu novo escritório
Denilson Machado/Veja SP

Para Melina Romano, uma coisa essencial ao projetar um escritório é a funcionalidade do espaço: a circulação fluida, conveniente, que facilite a durabilidade e, principalmente, que esteja alinhado ao conforto. 

No icônico Edifício Itália, Melina Romano projeta seu novo escritório
Denilson Machado/Veja SP

O design biofílico do escritório é assinado pela paisagista Bia Abreu que projetou floreiras que acompanham o desenho orgânico do espaço. Tudo foi feito sob medida e com captação de água embaixo. “Foi algo pensado para dar certo”, revela Melina.

É interessante notar que cada vez mais prédios corporativos, universidades e hotéis buscam a biofilia para estimular sentimentos de tranquilidade e satisfação de seus funcionários e clientes.

No icônico Edifício Itália, Melina Romano projeta seu novo escritório
Denilson Machado/Veja SP

“Nosso escritório é muito mais que um lugar para trabalhar, é um lugar para aprender, conectar e compartilhar”, conta Melina Romano. “Estar no 31º andar do Edifício Itália e poder olhar para a cidade, sem dúvida, será fonte de inspiração para nós”, finaliza.

No icônico Edifício Itália, Melina Romano projeta seu novo escritório
Denilson Machado/Veja SP
No icônico Edifício Itália, Melina Romano projeta seu novo escritório
Denilson Machado/Veja SP

Veja também: 

 

Continua após a publicidade
Publicidade