Clique e assine por apenas 5,90/mês
Carnaval SP Por Blog Blocos, desfiles e muito mais

Oito blocos são multados por descumprir horários e não recolher lixo

Oito blocos que desfilaram pelas ruas da capital serão multados pela prefeitura em 3 000 reais por descumprirem as regras do Carnaval de Rua da capital. Os cordões, segundo o governo, serão autuados por desviarem do itinerário, não respeitarem os horários fixados previamente, não recolherem o lixo, não disponibilizarem banheiros químicos (obrigação de grupos patrocinados) e terem privatizado espaços […]

Por Jussara Soares - Atualizado em 26 fev 2017, 18h35 - Publicado em 18 fev 2015, 23h55
Baixo Augusta será multado em 3 000 reais por não recolher lixo e não colocar banheiro químico (Foto: Ricardo D'Angelo/Veja SP)

Baixo Augusta será multado em 3 000 reais por não recolher lixo e não colocar banheiro químico (Foto: Ricardo D’Angelo/Veja SP)

Oito blocos que desfilaram pelas ruas da capital serão multados pela prefeitura em 3 000 reais por descumprirem as regras do Carnaval de Rua da capital. Os cordões, segundo o governo, serão autuados por desviarem do itinerário, não respeitarem os horários fixados previamente, não recolherem o lixo, não disponibilizarem banheiros químicos (obrigação de grupos patrocinados) e terem privatizado espaços públicos.

Entre os blocos autuados estão Bangalafumenga e Sargento Pimenta, que desfilaram no último dia 7 na Avenida Paulo VI, em Pinheiros, por não recolherem o lixo. Juntos, os grupos de origem carioca atraíram cerca de 80 000 pessoas. Outro bloco a ser multado é o Acadêmicos do Baixo Augusta, cujo público chegou a 100 000 pessoas. De acordo com a prefeitura, os organizadores não recolheram o lixo e não disponibilizaram banheiros químicos.

Já o Pimentas do Reino e o Antiacadêmicos do Baixo Pinheiros, que desfilaram na Vila Madalena, terão de pagar multa por descumprimento grave de horário. E o Bloco do Zé Maria, por desrespeitar o trajeto. O Nu’interessa, que vende camisetas para estar em sua concentração, será autuado por cerceamento de via pública. Por sua vez, a Pérola Negra será multada por privatizar a Rua Girassol, na Vila Madalena, com a cobrança de ingressos.

De acordo com a prefeitura, outros seis grupos com problemas menores serão notificados, o que deverá impor restrições futuras. São eles os blocos Casa Comigo, por ter infraestrutura insuficiente para o público e por ter feito desfile parado; o Bastardo, por alterações de pouco impacto no traçado previsto; o Bregs’Nice, por atraso no final da folia, porém respeitando o limite de 22h; o  Bargaça, por descumprimento de horário e trajeto; e o Vai Quem Quer, por alteração de traçado.

Neste ano, de acordo com informações do governo municipal, os 300 blocos de rua de São Paulo desfilaram em 28 áreas da cidade e atraíram cerca de 1,5 milhão de pessoas.

Continua após a publicidade
Publicidade