Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Boa Vizinhança Por Blog

Como evitar confusão por causa das bicicletas

  Com tanta gente passando a usar bicicletas como meio de transporte diário graças às ciclovias que a prefeitura espalhou pela cidade, muitos condomínios tiveram que pensar em onde guardar tantas novas bikes. Dependendo do tamanho do condomínio, pode não haver um espaço sobrando que sirva como estacionamento de bicicletas. E o morador não pode simplesmente […]

Por VEJA SÃO PAULO Atualizado em 26 fev 2017, 14h16 - Publicado em 6 nov 2015, 13h25

 bicicletas

Com tanta gente passando a usar bicicletas como meio de transporte diário graças às ciclovias que a prefeitura espalhou pela cidade, muitos condomínios tiveram que pensar em onde guardar tantas novas bikes. Dependendo do tamanho do condomínio, pode não haver um espaço sobrando que sirva como estacionamento de bicicletas. E o morador não pode simplesmente colocar sua bicicleta (fora do seu apartamento) em qualquer lugar, seja na garagem ou nos corredores do prédio. Imagine o que seria se cada um agisse assim?

Dessa forma, o ideal é que o assunto seja tratado e debatido em uma assembleia previamente agendada. Aparentemente, esse é um assunto simples.

+ A cobertura duplex com um jardim havaiano

Mas só aparentemente porque é preciso pensar não apenas onde guardar as bicicletas – e isso pode ser em um quarto, ou em um canto usando ganchos adequados –, mas é preciso definir também por onde elas poderão circular, em que horário, se elas poderão ser colocadas nos elevadores – social ou de serviço? Algumas bicicletas podem ser leves, mas a maioria pesa cerca de 10 kg, o que não é pouco.

De qualquer modo, vale dizer que, em São Paulo, o decreto nº 53.942/2013, que regulamenta a lei nº 15.649/2012 e também se aplica a shopping centers, hospitais e outros prédios comerciais, determina que as construtoras devem prever em seus projetos a reserva de 10% das vagas de estacionamento para bicicletas. Sinal dos tempos, não é?

Continua após a publicidade
Publicidade