Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Boa Vizinhança Por Blog

A cobertura duplex com um jardim havaiano

Um morador de uma cobertura duplex de um condomínio em bairro nobre da cidade de São Paulo foi ousado ao mudar o visual de seu terraço. Com a intenção de dar um atmosfera havaiana ao local, construiu três quiosques com cobertura de sapê e dispôs várias palmeiras em enormes vasos ao redor da piscina. O […]

Por VEJA SÃO PAULO Atualizado em 26 fev 2017, 16h28 - Publicado em 27 Maio 2015, 19h35

aloha

Um morador de uma cobertura duplex de um condomínio em bairro nobre da cidade de São Paulo foi ousado ao mudar o visual de seu terraço. Com a intenção de dar um atmosfera havaiana ao local, construiu três quiosques com cobertura de sapê e dispôs várias palmeiras em enormes vasos ao redor da piscina. O cenário ficou realmente deslumbrante, mas em nada combinava com o estilo clássico do prédio.

Preciso de autorização do síndico para reformar o apartamento?

Resultado: a paisagem criada pelo proprietário da cobertura indignou os vizinhos. Em assembleia extraordinária convocada para tratar da questão, o condomínio decidiu quase por unanimidade (o único voto contrário foi o do dono do duplex) que a decoração inspirada na ilha do Oceano Pacífico deveria ser retirada. A decisão ainda estabelecia um prazo para alteração e previa multa mensal correspondente a cinco vezes o valor do condomínio em caso de descumprimento. Ao que se sabe, não foi realizada nenhuma festa hula-hula na cobertura.

Casos assim acontecem porque o morador contraria frontalmente o preceito contido no artigo 10, inciso I, da Lei nº 4.591/64. Esse dispositivo estabelece que é proibido a qualquer condômino alterar a forma externa da fachada sem o consentimento da totalidade dos condôminos do prédio.

O meu vizinho é do barulho. Como devo agir?

Sem a aprovação, a obra configura abuso de direito, sendo ilegal a prática de alterar a fachada e/ou os aspectos arquitetônicos, bem como a integridade do prédio. Não é difícil imaginar que, neste caso, tanto o condomínio quanto os moradores que eventualmente se sentirem prejudicados poderão mover ação para proibir a alteração na cobertura ou para pedir que a mudança seja desfeita.

Vale, portanto, a recomendação de que ao planejar uma reforma em seu apartamento ela deve ser informada ao síndico.

Para esclarecer dúvidas sobre questões condominiais, deixe sua mensagem na área de comentários.

Continua após a publicidade
Publicidade