O final feliz da peixinha que ficou presa por horas em rocha de aquário

O pet, que sofreu lesões e perda de escamas e tinha dificuldade de respirar, recebeu injeções, pomada nos machucados e antibiótico por meio da água

Em abril, a peixinha Célia, da espécie quínguio, foi parar na clínica veterinária ExotiCare, em Perdizes, especializada em bichos exóticos. Ela ficou presa por horas debaixo de uma rocha oca que enfeitava seu aquário. Ao ser examinada, mostrava lesões profundas, perda de escamas e dificuldade para respirar. O pet recebeu injeções, pomada nos machucados e antibiótico por meio da água. O tratamento na casa de sua dona, uma estudante de veterinária, continuou por dois meses. Recuperada, Célia agora nada feliz. “Muita gente deixaria um animal como esses para morrer”, afirma Rodrigo Ferreira, proprietário do local. “Os peixes, como quaisquer outros bichos, precisam de cuidados.”

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s