Clique e assine por apenas 6,90/mês
Bichos Tudo sobre o mundo pet por Veja São Paulo. Quer sugerir uma pauta? Envie para alice.padilha@abril.com.br

Crimes contra animais de estimação crescem 10% na quarentena

Um dos casos mais expressivos foi o do pit bull Sansão, que teve as pernas decepadas pelos vizinhos

Por Alice Padilha - Atualizado em 4 set 2020, 12h53 - Publicado em 4 set 2020, 06h00

A Delegacia Eletrônica de Proteção Animal registrou aumento superior a 10% nas ocorrências de crimes contra animais de estimação (de 4 108 no primeiro semestre de 2019 para 4 524 em 2020). Um dos casos mais expressivos foi o do pit bull Sansão, que teve as patas traseiras decepadas pelos vizinhos, em Confins (MG).

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Ele foi apadrinhado pelo filantropo paulistano Alexandre Soares, que arcou com os custos para sua readaptação e agora briga pela aprovação do Projeto de Lei da Câmara 1095/2019, que propõe a extensão da pena para crimes contra animais de um para quatro anos e deve ser chamada de Lei Sansão. O projeto já foi aprovado na Câmara dos Deputados e irá para votação no Senado no próximo dia 8. Soares comanda a Associação Patas para Você, que a partir de janeiro funcionará como clínica veterinária gratuita.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 9 de setembro de 2020, edição nº 2703.

Continua após a publicidade
Publicidade