Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Beleza de Blog Novidades sobre o mundo da beleza

Paulo Borges, diretor criativo da SPFW, comenta as mudanças desta edição

No início de março, Paulo Borges, criador e idealizador da SPFW, anunciou uma reviravolta no modelo de negócio para 2017: o calendário será modificado para que as peças desfiladas cheguem às lojas na sequencia. “Vamos mudar as datas de desfiles para deixá-los bem próximos ou mesmo simultâneos aos lançamentos no varejo”, disse Borges na ocasião, […]

Por Tatiana Izquierdo Atualizado em 26 fev 2017, 12h15 - Publicado em 27 abr 2016, 15h50
Paulo Borges é diretor criativo do São Paulo Fashion Week

Paulo Borges é diretor criativo do São Paulo Fashion Week

No início de março, Paulo Borges, criador e idealizador da SPFW, anunciou uma reviravolta no modelo de negócio para 2017: o calendário será modificado para que as peças desfiladas cheguem às lojas na sequencia. “Vamos mudar as datas de desfiles para deixá-los bem próximos ou mesmo simultâneos aos lançamentos no varejo”, disse Borges na ocasião, em entrevista exclusiva ao jornal O Estado de S. Paulo. “Assim, a marca já poderá transformar o desfile em ferramenta de estímulo e divulgação imediata de venda.”

https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fvejasp%2Fvideos%2F10154222071638258%2F&show_text=0&width=400
+ Colcci, Animale e Cavalera não participam da próxima edição da SPFW

Trata-se de uma tendência internacional, chamada lá fora de “see now, buy now” (veja agora, compre agora). Para criar uma nova estrutura e se adaptar à mudança, algumas grifes, a exemplo de Animale e Colcci, não participarão desta edição do evento. Outras já começaram a assimilar o novo momento. É o caso da Ellus 2nd Floor, do grupo InBrands, que venderá uma linha de camisetas estampadas com o Batman em sua loja no Iguatemi na quinta (28), um dia após o desfile. “O mercado de moda no Brasil é jovem e consegue se adaptar mais facilmente às mudanças”, afirma Adriana Bozon, diretora criativa da 2nd Floor e da Ellus.

Isabeli Fontana desfila para Karl Lagerfeld for Riachuelo (Foto: Agência Fotosite/Divulgação)

Isabeli Fontana desfila para Karl Lagerfeld for Riachuelo (Foto: Agência Fotosite/Divulgação)

+ Fause Haten abre a SPFW e realiza desfile aberto ao público

A rede de fast fashion Riachuelo também apostou na estratégia. Aguardada por fashionistas, a linha desenhada pelo estilista Karl Lagerfeld, da Chanel, para a empresa chegará a 140 lojas, em todos os Estados do País, na manhã desta quarta (27).

Continua após a publicidade

O desfile da marca aconteceu na terça (26) e foi incrível. A top Isabeli Fontana marcou presença e encarnou o próprio Lagerfeld para fotografar a campanha publicitária e também na passarela. Ao final da apresentação, araras carregando toda a coleção entraram na passarela e todos puderam comprar, mostrando que a ideia de Paulo Borges funcionou. A coleção popular de Karl Lagerfeld possui 75 peças com preços entre 49,90 reais e 349,90 reais.

As araras colocadas no final do desfile da Riachuelo traziam toda a coleção desfilada para venda

As araras colocadas no final do desfile da Riachuelo traziam toda a coleção desfilada para venda

Outra mudança proposta por Paulo Borges – e defendida por alguns criadores – é o fim da divisão das temporadas em primavera/verão e outono/inverno. “As estações nunca foram a base das minhas coleções. Trabalho de forma livre, pensando que a escolha certa da matéria prima pode deixar a roupa livre da sazonalidade”, afirma Vitorino Campos, destaque da nova geração de designers. “No Brasil, temos as quatro estações em um mesmo dia.”

+ Saiba como foi o primeiro dia da SPFW

À prova de crise

A atual edição da semana de moda contará com o apoio de 17 empresas de diferentes setores e terá investimento em torno de 12,5 milhões, valor 20% menor do que o da última temporada. “Mas o momento não é de faturar mais e sim de fortalecer as parcerias”, afirmou Borges em entrevista concedida ao Estado no início do mês. Além de renovar contrato com patrocinadores antigos, com o shopping Iguatemi, a Riachuelo e a M. Martan, Borges costurou novas parcerias com a Mercedes-Benz, a Coca-Cola e a Natura.

Para os estilistas, seja na moda de autor ou na comercial, o momento é de focar na qualidade para driblar a crise. “Reparamos que a cliente brasileira tem se tornado mais consciente. A compra por impulso vem diminuindo e as pessoas estão buscando mais qualidade a um preço justo”, diz a estilista mineira Patricia Bonaldi, que apresenta a coleção de sua marca, PatBo, na terça (26). “Estratégias de marketing sem uma base sólida no produto não funcionam.”

Obrigada pela sua visita e não deixe de voltar! Diariamente, o conteúdo sobre beleza e moda são atualizados! Se quiser me conhecer melhor, me siga no Twitter e no Snapchat (TatyIzquierdo)  🙂

Continua após a publicidade
Publicidade