Jane Birkin pede para Hermès retirar seu nome de bolsa lançada na década de 80

A Birkin, bolsa lançada pela Hermès em 1984 e uma das mais famosas da grife (e do mundo) até os dias atuais, leva a assinatura da atriz e cantora Jane Birkin. Na tarde de quarta (29), após a atriz assistir a um documentários feito pelo PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais, na sigla, traduzida do […]

Jane Birkin, na foto da década de 80 e nos dias atuais, concordou em batizar bolsa desde 1984 (Foto: Reprodução/Instagram)

Jane Birkin, na foto da década de 80 e nos dias atuais: seu nome batiza bolsa desde 1984 (Foto: Reprodução/Instagram)

A Birkin, bolsa lançada pela Hermès em 1984 e uma das mais famosas da grife (e do mundo) até os dias atuais, leva a assinatura da atriz e cantora Jane Birkin. Na tarde de quarta (29), após a atriz assistir a um documentários feito pelo PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais, na sigla, traduzida do inglês), sobre a produção do couro usado por empresas fornecedores de matéria-prima para a grife, ela pediu que a marca retirasse seu nome do acessório de luxo devido ao “fato das práticas cruéis de criação e abate de crocodilos”, disse Jane através de seu assessor.

+ Como nasce uma bolsa Hermès

Eva Longoria, Victoria Beckham e Kim Kardashian usam a tão falada bolsa

Eva Longoria, Victoria Beckham e Kim Kardashian usam a tão falada bolsa

+ Jornal afirma que Gisele Bündchen usou burca para entrar em clínica em Paris

As bolsas Birkin e Kelly (em homenagem à atriz Grace Kelly), feitas com pele de crocodilo, têm preço inicial de mais de 20 000 euros, cerca de 74 000 reais.

A atriz pede que seu sobrenome não seja mais usado até que sejam feitas mudanças na forma de tratamento dos crocodilos. O vídeo abaixo mostra o processo de extração da pele do animal e contém imagens fortes de maus-tratos aos bichos:

Ainda na tarde de quarta, a francesa Hermès divulgou um comunicado para a imprensa mundial afirmando que está realizando uma minuciosa investigação na forma de tratamento dos animais na fazendo do Texas, local onde aparece no documentário. Veja na íntegra:

“Jane Birkin expressou sua preocupação em relação às práticas de abate de crocodilos. Seus comentários, de forma alguma, vão impactar na amizade e confiança que temos compartilhado por muitos anos. A Hermès respeita e compartilha das suas emoções e também ficou chocada com as imagens divulgadas recentemente.

Uma investigação está em andamento na fazenda do Texas que foi mostrada no vídeo. Qualquer violação das regras será corrigida e punida. A Hermès especifica que esta fazenda não lhe pertence e que as peles de crocodilo fornecidas não são usadas ​​para a fabricação de bolsas Birkin.

A Hermès impõe aos seus parceiros os mais altos padrões no tratamento ético dos crocodilos. Por mais de dez anos, temos organizado visitas mensais aos nossos fornecedores. Controlamos as práticas e a conformidade com as normas de abate elaborados por peritos veterinários e pelo Fish and Wildlife (agência norte-americana para a proteção da natureza) e com as regras estabelecidas sob a égide da ONU na Convenção de Washington, de 1973, que define a proteção de espécies ameaçadas de extinção.”

bolsa-birkin

A bolsa Birkin é um dos itens de luxo mais desejados pelas mulheres (Foto: Divulgação)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s