Alisamento sem formol: testei o Keratin Smoothing Treatment, da Keune

Tenho o cabelo rebelde: ele não é nem enrolado, nem liso, nem bonito. Ainda na adolescência, ficou volumoso, ganhou umas ondas e, depois de algumas (muitas) escovas progressivas, ficou quebradiço e passou a cair. Depois da decisão de abandonar o alisamento com formol, estava há mais ou menos um ano sem usar nenhuma química no […]

Tenho o cabelo rebelde: ele não é nem enrolado, nem liso, nem bonito. Ainda na adolescência, ficou volumoso, ganhou umas ondas e, depois de algumas (muitas) escovas progressivas, ficou quebradiço e passou a cair.

Depois da decisão de abandonar o alisamento com formol, estava há mais ou menos um ano sem usar nenhuma química no cabelo, driblando a situação com muita escova e hidratação. Na semana passada, prestes a viajar, não aguentei e procurei uma alternativa.

Thiago Cardoso, do Color Boutique, me recomendou o Keratin Smooth, da marca holandesa Keune.  Falei que não queria perder a naturalidade das minhas pontas, que já estavam voltando ao normal, mas queria algo que controlasse o volume no topo da cabeça, piorado pelos fiozinhos novos de cabelo que estão crescendo. Ele me disse que essa era a melhor alternativa.

Keratin Smooth - Keune

É um alisamento à base de Tioglicolato de Etanolamina, um derivado da Amônia (uma das alternativas que falei aqui no post “tudo sobre progressiva), porém enriquecido com queratina. Entre um passo e outro do processo, shots de queratina são aplicados nas mechas para fortalecer os fios.

O processo é demorado. Envolve cinco passos com tempo de ação médio de 20 minutos cada, além do tempo de aplicação. No total, foram quatro horas no salão, para fazer apenas a raiz do cabelo. Para entender mais sobre o tratamento, o vídeo da Keune, abaixo, é bem explicativo e esclarecedor.

Quase uma semana depois, o resultado é satisfatório. Minha raiz está lisíssima (acho que até um pouco mais do que eu queria) e as pontas ganharam um pouco de brilho e controle por causa da queratina. Estou lavando o cabelo e deixando secar naturalmente, para ficar com movimento (se usar o secador, ele fica escorrido).

Thiago explicou que o tratamento deve durar uns seis meses. Ao contrário da progressiva, que vai saindo aos poucos, esse vai de acordo com o crescimento do cabelo, tendo que retocar apenas quando o volume no topo da cabeça já estiver incomodando novamente. E é imprescindível usar a linha de manutenção do tratamento, para prolongar os resultados.

Keratin Smooth - Keune. - Linha Tratamento

So far, a opção me parece ótima. A não ser pelo preço: paguei 700 reais pelo procedimento. No Color Boutique, eles parcelam, mas ainda assim o valor é alto.

Resta agora ver como ficará no longo prazo: se vai ressecar, cair, quebrar, etc. Vou contando aqui pra vocês. Também vou colocar a avaliação de outras técnicas, através da opinião de convidadas.

Mandem dúvidas e perguntas através da caixa de cometários que eu vou atrás das respostas. Seguimos na luta para manter um cabelo bonito e “domado”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s