Thiago Honório constrói parede de pau a pique no MAM

Trabalho vai ser feito com galhos, recolhidos do Parque Ibirapuera

Com abertura prevista para 21 de março, a instalação Roçabarroca, do mineiro Thiago Honório, vai transformar parte do Museu de Arte Moderna, do corredor até a sala Milú Villela (antigo Grande Salão) e a frente do auditório Lina Bo Bardi, em uma construção de pau a pique (ou taipa de mão). Seis pessoas, incluindo o artista, vão trabalhar durante doze dias, a partir de 2 de março, para preencher uma trama de galhos, recolhidos do Parque Ibirapuera, com barro amassado a socos ou por arremesso. Tamanha disposição remete às lembranças do artista. Ele conviveu desde criança com as fotos de uma antiga casa da sua avó Maria Boaventura de Souza, tiradas por sua tia Maria de Fátima. “Como elas infelizmente não estão mais aqui, é uma forma de lembrá-las”, afirma Honório, que também tem muitas recordações da terra. “Nasci em Carmo da Paranaíba, Minas Gerais. Tive uma infância muito livre e um horizonte a perder de vista.”

MAM

Parque Ibirapuera, ☎ 2648-0254. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 28 de junho. A partir de 21 de março.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s