Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Regina De Boni conta novidades da galeria São Paulo Flutuante

Iniciativas no mundo virtual e real dão o tom dos planos do empreendimento

Por Tatiane de Assis Atualizado em 18 dez 2020, 11h29 - Publicado em 18 dez 2020, 06h37

A galerista Regina De Boni fecha 2020 com o lançamento da plataforma virtual da galeria São Paulo Flutuante, que conta com obras de dezenove artistas, incluindo o pintor Mauricio Parra (abaixo) e o ceramista Megumi Yuasa. “A venda on-line é uma revolução. Algumas galerias no Brasil estão fazendo isso de forma tímida, pelo WhatsApp, mas decidimos dar um passo maior”, afirma Regina. Em fevereiro de 2021, ela abre um espaço físico do empreendimento na Barra Funda. Sem hesitar, fala do mercado e adianta sua proposta: “O público se afastou das galerias, que agora são muito comerciais e controladas por pessoas arrogantes. Quero fazer diferente, vou trabalhar de porta aberta”. Acesse em http://www.sao pauloflutuante.com.

Publicidade