Clique e assine por apenas 5,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Inscrição de prêmio para artistas mulheres fica aberto até 16 de outubro

A premiação 'Vozes Agudas' tem como intuito evidenciar a presença do público feminino no cenário da arte contemporânea

Por Tatiane de Assis - Atualizado em 18 set 2020, 15h19 - Publicado em 18 set 2020, 06h00

Fica disponível até 16 de outubro a inscrição para o prêmio Vozes Agudas, promovido pelo espaço independente Ateliê 397. O concurso é voltado para mulheres artistas e tem como intuito evidenciar a presença feminina no cenário da arte contemporânea. “Marcadores sociais como classe, raça e transexualidade também serão levados em conta pelo júri”, diz Tania Rivitti, uma das gestoras do 397. Três artistas serão escolhidas pela comissão. Elas receberão um prêmio no valor de 1 000 reais, participarão de uma exposição na galeria Jaqueline Martins e ganharão um pacote “divulga-carreira”.

Estão incluídos um texto crítico sobre as respectivas produções e a participação no podcast homônimo tocado pelo grupo, com a artista Ana Teixeira, que assina a obra E É Sempre Apenas Isso — Escolher (capa; 2013). “O Vozes nasceu do curso ‘Mulheres Não Precisam Estar Nuas Para Entrarem Nos Museus’, ministrado por Thais Rivitti em 2018. A partir daí, uma turma passou a se encontrar e discutir questões relacionadas ao feminismo. Nossas reuniões são as segundas, das 10h às 12h, e estão abertas para quem quiser participar”, indica Tania. Junto ao grupo, ela se divide entre o edital e captação de recursos com colecionadores para a futura mostra, que está orçada em 75 000 reais. Acesse o formulário aqui.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Obrigada pela visita! Volte sempre e deixe seu comentário. Aproveite para conferir minhas postagens no Instagram.

 

 “Publicado em VEJA São Paulo de 23 de setembro de 2020, edição nº 2705

Continua após a publicidade
Publicidade