Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Avenida Paulista tem exposição no canteiro central

Trinta trabalhos apresentados foram feitos pelas artistas Criola e Cláudia Liz

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 11 jun 2021, 21h09 - Publicado em 11 jun 2021, 21h06

Paineis com obras produzidos por duas artistas povoam até 1º de julho, a via mais famosa da cidade, a Avenida Paulista. Feminino Plural é o nome da exposição. A mineira Criola e a goiana Cláudia Liz são quem assinam os trabalhos, que estão em totens, semelhantes aqueles que trazem informações sobre a temperatura e a qualidade do ar.

A mostra, com curadoria da jornalista Lilian Pace, conta com trinta trabalhos que abordam a luta por igualdade de direitos, feita por mulheres de diferentes raças e etnias, ao longo da história. As dimensões de cada uma das obras é a mesma, quatro metros de altura por três metros de largura. 

Feminismo Plural é parte de um projeto chamado Expo da Paulista, que é realizado pela União Geral dos Trabalhadores (UGT) e está em sua sétima edição.  A direção artística dessa iniciativa é feita pela Doc Galeria, que também tem sido responsável por trazer novos nomes do circuito da fotografia ao público, como o jovem Drago.

Publicidade