Clique e assine por apenas 6,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

10 museus para visitar sem sair de casa: tour virtual e coleções on-line

Em tempos de coronavírus, muitas exposições e museus renomados estão fechado as portas por tempo indeterminado

Por Redação VEJA São Paulo - 14 Mar 2020, 15h58

Em tempos de coronavírus, a principal recomendação é circular o mínimo possível e evitar grandes aglomerações. Não à toa, muitos museus importantes do mundo estão fechando as portas por tempo indeterminado — especialmente na Europa, onde países como França e Itália foram muito atingidos pelo Covid-19.

Ainda bem, muitos destes mesmos museus disponibilizam seu acervo on-line. É possível fazer uma verdadeira viagem pela história da arte… tudo isso sem precisar pegar um avião ou sair do sofá. É claro, a experiência de ver muitas dessas obras ao vivo é impagável, mas por enquanto é bom dar uma chance aos arquivos digitais, ou aos tours virtuais — o Metropolitan, um dos mais importantes museus de Nova York, por exemplo, oferece uma visão 360º de alguns de seus cômodos mais renomados.

Abaixo, você confere uma seleção com 10 museus que disponibilizaram parte de seus ricos acervos on-line ou que oferecem visitações virtuais. Uma outra dica? Aproveite o tempo dentro de casa para explorar o app Google Arts & Culture.

O centro cultural localizado na Itália contém uma das mais importantes coleções de arte italiana. Entre os destaques, há obras do mestre Giambattista Pittoni.

Continua após a publicidade

Leonardo da Vinci, Botticelli, Caravaggio… a coleção de obras da Galeria Uffizi é de deixar qualquer admirador de queixo caído. Ainda bem que o arquivo artístico do espaço está disponível on-line.

O Museu do Vaticano tem mais de sete quilômetros de extensão. Além de obras importantíssimas, o espaço também abriga artefatos históricos, um dos afrescos mais importantes de Rafaello Sanzio e um corredor dedicado somente aos mapas antigos.

O maior da Grécia, o Museu Nacional Arqueológico é um dos mais importantes do mundo. Sua coleção, com mais de 11 000 exposições, oferece um panorama da cultura da Grécia antiga da pré-história até a antiguidade.

O mais importante museu da Espanha e um dos mais notáveis do mundo, o Prado tem entre os destaques o quadro “As Meninas”, de Diego Velázquez. A coleção é bastante completa, com obras da pintura espanhola, francesa, flamenga, alemã e italiana.

Continua após a publicidade

Talvez o museu mais famoso do mundo, o Louvre permite que os internautas façam visitas on-line por suas salas de exibição e galerias, além de contemplar a arquitetura do espaço — tudo isso sem sair de casa. É possível ver antiguidades egípcias e também a Galeria d’Apollon.

Fundado em 1753, o British Museum tem uma coleção de cerca de 8 milhões de objetos que narram mais de 2 milhões de anos de história. No tour on-line, é possível ver alguns dos primeiros artefatos criados pelos homens até trabalhos de artistas contemporâneos.

Em uma parceria com o Google Arts & Culture, é possível ver a coleção de um dos mais importantes museus da cidade americana. Em vídeos 360º, você pode passear pelos corredores e explorar algumas das peças do arquivo do centro cultural.

Este é um dos maiores museus de arte do mundo. Sua vasta coleção possui itens de diversos períodos da história, assim como de muitos estilos e países. Há obras de Leonardo da Vinci. Sua biblioteca possui mais de 700 000 títulos sobre arte, cultura, arquitetura e história.

Continua após a publicidade

O museu americano está entre os dez mais visitados do mundo. Sua coleção apresenta mais de 150 000 esculturas, mobiliário, fotografias, pinturas e ilustrações. Entre os destaques, estão obras de Rafaello Sanzio, Velázquez, Tiziano, Rembrandt e Vermeer.

Publicidade