Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 29 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Saiba como foi a cerimônia de premiação do guia Comer & Beber de 25 anos

Em evento que misturava os mundos físico e digital, os melhores do ano foram anunciados no Farol Santander

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 28 out 2021, 23h55 - Publicado em 23 out 2021, 10h52

Um feito! O guia anual VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER chegou ao seu 25º ano de publicação ininterrupta. A  cerimônia de comemoração, que marcou o lançamento da nova edição da revista gastronômica mais aguardada do país, aconteceu na noite da quinta (21), no Farol Santander, no centro.

Foi um evento transmitido pelo YouTube de VEJA SÃO PAULO e teve a condução do editor-sênior e coordenador da edição anual Arnaldo Lorençato e do apresentador e ator João Vicente de Castro. Para manter o distanciamento, já que a pandemia ainda não acabou, os finalistas dos prêmios e parte da equipe de gastronomia do guia participaram remotamente, dos estabelecimentos ou das residências. Os nomes dos campeões em 35 categorias foram revelados durante a transmissão ao vivo.

+ Conheça os melhores restaurantes do guia VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2021/2022

Raul Lemos e Regina Volpato no palco da cerimônia da Comer & Beber.
Raul Lemos e Regina Volpato: “esquenta” para o público Fabio Rizzato/Veja SP

Antes do início do evento, que durou por volta de 2h30, a jornalista e apresentadora Regina Volpato e o apresentador e ex-masterchef Raul Lemos bateram um papo que serviu de “esquenta”, enquanto o público aguardava ansioso o anúncio dos campeões.

Durante a transmissão, depoimentos de importantes personagens gastronômicos da cidade, que estão entre os mais premiados nessas duas décadas e meia do guia anual, foram exibidos. Os chefs Alex Atala (D.O.M. e Dalva e Dito) e Mara Salles (Tordesilhas) e o restaurateur Belarmino Iglesias (Rubaiyat e A Figueira Rubaiyat) destacaram a importância da publicação.

João Vicente e Arnaldo Lorençato no palco da Comer & Beber conversando com repórteres em vídeo.
João Vicente e Arnaldo Lorençato conversam com os repórteres Gabriela Del’Moro e Saulo Yassuda Fabio Rizzato/Veja SP

Entre as entregas de prêmios, a cantora Kell Smith soltou a voz em algumas canções, entre elas seu hit Era Uma Vez, e, inclusive, encerrou o evento. Entre as participações remotas, os repórteres Saulo Yassuda e Gabriela Del’Moro, que conversaram com Lorençato, e João Vicente, sobre os bastidores da escolha dos melhores do ano.

+ Conheça os melhores bares do guia VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2021/2022

Arnaldo Lorençato e João Vicente no palco da festa da Comer & Beber anunciando o prêmio de melhor carne.
Belarmino Iglesias e família se emocionam com o prêmio de melhor carne para o Rubaiyat Fabio Rizzato/Veja SP
Continua após a publicidade

+ Conheça os melhores endereços de comidinhas do guia VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2021/2022

Logo no início da cerimônia, a emoção tomou conta dos finalistas. A bartender Stephanie Marinkovic, que levou o troféu de bar bom e barato para o Espaço 13, foi às lagrimas, antes mesmo do anúncio. Rafael Protti, o confeiteiro do ano, também estava emotivo e dedicou os dois prêmios que ganhou — melhor doceria, a Crime Pastry Shop, e confeiteiro do ano — ao pai, que está hospitalizado. O mil-folhas feito por Protti, aliás, estampou a capa da revista. Belarmino Iglesias ficou com os olhos marejados após o prêmio de melhor carne para o Rubaiyat.

+ Conheça os melhores endereços de comidinhas do guia VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2021/2022

Arnaldo Lorençato e João Vicente no palco da festa da Comer & Beber anunciando o prêmio de confeiteiro do ano.
Rafael Protti levou o título de confeiteiro do ano e melhor doceria com a Crime Pastry Shop Fabio Rizzato/Veja SP

Sem sair o balcão do premiado Santana Bar, de onde acompanhava a transmissão enquanto trabalhava, Gabriel Santana recebeu o título de bartender do ano. “Vamos fazer de tudo para estar no ano que vem aí de novo, e no outro de novo”, disse. A vitória do restaurante asiático Kazuo como a estreia do ano se mostrou outro momento divertido da noite. O chef Kazuo Harada, que não estava conseguindo escutar pelo computador que seu restaurante havia sido laureado, recebeu a notícia por uma bem humorada mímica de João Vicente e vibrou no salão do restaurante.

Renata Vanzetto, que recebeu a placa de restauratrice do ano, secou as lágrimas. “Representa toda a mulherada que está por aí batalhando”, disse sobre o troféu. Em seguida, José Alencar de Souza, do Santo Colomba, levou o título de personalidade gastronômica. “Ainda bem que tomei um copinho de vinho antes, senão ia ter um infarto”, brincou. Marco Renzetti aregalou os olhos ao ganhar o último prêmio da noite, o de chef do ano. “É um sonho que vira realidade”, afirmou, diretamente do Fame, restaurante que foi considerado o italiano número 1.

Outro momento marcante da transmissão foi a emocionante entrega do prêmio causa social ao Padre Júlio Lancellotti pelo trabalho que faz desde 1997 distribuindo alimentos à população em estado de vulnerabilidade social, que se multiplicou durante a pandemia. Ao vivo, o religioso agradeceu a homenagem. “Que todo o nosso povo tenha acesso à alimentação, que ninguém coma do lixo, que ninguém tenha que pegar comida do caminhão de lixo, nem recolher restos no chão. […] para que não haja fome no nosso país, para que nenhuma criança durma faminta. Que todos possamos partilhar e tenhamos vida com dignidade”, disse.

Na edição deste ano do guia foram publicados 465 endereços, visitados e avaliados pela equipe de especialistas. Todas as contas foram pagas pela Editora Abril. Apresentado por Santander, o evento teve o patrocínio de iFood Gourmet, Nespresso e Diageo.

Perdeu a cerimônia? Reveja abaixo.

+ Clique aqui para conhecer todos os campeões de 2021

Continua após a publicidade

Publicidade