Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 29 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Restaurant Week: como usar a ferramenta desenvolvida por VEJA SÃO PAULO e fazer o máximo de economia

Para descobrir quais os restaurantes eram mais vantajosos financeiramente para os frequentadores da Restaurant Week, desenvolvemos uma metodologia e uma ferramenta especial de consulta. Foram pedidos os cardápios regulares de todos os 189 endereços participantes. Em cada um deles, selecionamos a entrada, o prato principal e a sobremesa mais em conta, assim chegamos ao total do […]

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 26 fev 2017, 22h27 - Publicado em 21 mar 2014, 19h08

imagem-restaurant-week

Para descobrir quais os restaurantes eram mais vantajosos financeiramente para os frequentadores da Restaurant Week, desenvolvemos uma metodologia e uma ferramenta especial de consulta. Foram pedidos os cardápios regulares de todos os 189 endereços participantes. Em cada um deles, selecionamos a entrada, o prato principal e a sobremesa mais em conta, assim chegamos ao total do gasto mínimo naquele estabelecimento fora da promoção. Há pouquíssimas exceções como o Templo da Carne Marcos Bassi, no qual levamos em conta o preço do couvert que faz o papel de entrada. O mesmo aconteceu com A & C Sushi, que, embora tenha opções à la carte, apresenta o rodízio típico como principal atração.

+ Quer saber onde almoçar ou jantar? Veja a lista de restaurantes selecionados

+ Para bancar o chef: as receitas de VEJA SÃO PAULO

Calculado o valor da refeição, subtraímos quanto é pago na Restaurant Week tanto no almoço quanto no jantar para descobrir a economia você pode fazer em cada lugar visitado. E olha que estamos comparando apenas os itens mais baratos. Se fosse o preço, daria um valor muito maior. Essa conta aparece automaticamente na ficha do restaurante para facilitar sua decisão.

Continua após a publicidade

Para que se entenda todo mecanismo muito facilmente, a economia é indicada por desenhos de cofres na forma de porquinhos que podem ter a cor azul ou cinza.

Três porquinhos azuis indicam que o lugar é muito caro fora da promoção, dois porquinhos azuis equivalem a lugares caros e um porquinho azul representa que ainda é vantajoso fazer a refeição naquele endereço durante a promoção.

Os três porquinhos cinza equivalem a lugares que podem ser visitados em qualquer época do ano, já que os preços regulares não ferem a carteira. Nesse caso, vale consultar o menu e verificar se existem pratos que realmente deixam você com fome para ir até esse restaurante. É o exemplo do ótimo Jiquitaia, ganhador do título de melhor almoço executivo, servido inclusive aos sábados, na mais recente edição do especial “Comer & Beber”.

Uma vantagem extra: você ainda pode fazer a reserva e garantir seu lugar no restaurante aqui mesmo no site. Afinal, ninguém quer ficar na fila de espera.

Obrigado pela visita. Aproveite para deixar seu comentário, sempre bem-vindo, e curtir a minha página no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade