Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Ovos de chocolate suíço

Cada vez mais, a Páscoa está associada a chocolate. Ou melhor, a ovos de chocolate. As ofertas são tantas que fica difícil escolher entre um produto e outro. Foi justamente procurando uma marca gourmet diferente que a confeiteira Carole Crema começou uma negociação com a Nestlé, um ano atrás.  “Sempre recorremos a grifes belgas e francesas”, […]

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 27 fev 2017, 12h39 - Publicado em 7 mar 2012, 17h23

Carole Crema: “Estava sentindo falta do produto suíço” (Foto: Marianne Nishihata)

Cada vez mais, a Páscoa está associada a chocolate. Ou melhor, a ovos de chocolate. As ofertas são tantas que fica difícil escolher entre um produto e outro. Foi justamente procurando uma marca gourmet diferente que a confeiteira Carole Crema começou uma negociação com a Nestlé, um ano atrás.  “Sempre recorremos a grifes belgas e francesas”, diz ela. “Sentia falta de um bom chocolate suíço.” Foi assim que Carole conseguiu exclusividade na linha especial Gold, uma vez que ela havia lançado os ovos de chocolate Leite Moça, da mesma empresa, no ano passado.

Encontrado em barras para venda ao consumidor final no sul e no sudeste do Brasil, o Gold é usado pela primeira vez na confeitaria profissional no Brasil. A doceira adotou o chocolate ao leite na produção dos ovos que serão vendidos no La Vie en Douce. Já estão prontos em versões de 250 gramas, 350 gramas e 450 gramas, além de metades para comer de colher, no formato de coelho e bombons colocados em uma leiteira metálica.

A chef explica que usa um chocolate mais doce e macio “do jeito que o brasileiro gosta”. Para suavizar os efeitos do açúcar, ela adicionou 28% de chocolate 70% de cacau. “Consigo, assim, um produto-base menos adocicado e de sabor mais intenso”. A conferir.

Os novos ovos: matéria-prima gourmet (Foto: divulgação)

 

Continua após a publicidade
Publicidade