Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Murakami atende em balcão de apenas 12 lugares; leia crítica de Lorençato

O restaurante, que o chef Tsuyoshi Murakami toca com a família, serve um menu degustação em dois turnos

Por Arnaldo Lorençato - Atualizado em 22 Nov 2019, 11h45 - Publicado em 22 Nov 2019, 06h00

Esqueça a pasta de raiz-forte pigmentada de verde encontrada na maioria dos restaurantes orientais da cidade. No novo Murakami, ela não tem vez. O chef Tsuyoshi Murakami dá preferência ao wassabi de verdade, a raiz oriental fresca, de sabor excepcionalmente mais suave, conhecida cientificamente como Eutrema wasabi.

Esse é um dos componentes especiais usados por ele para preparar os pratos do menu completo do restaurante no qual estreia como proprietário, ao lado do filho, Jun, e da mulher, Suzana. O ingrediente dá um toque picante ao ser ralado sobre a pele de tubarão ao duo ovas de salmão e ouriço-do-mar.

Trazido do Mediterrâneo, o atum bluefin é um peixe de carne rosa pelo marmoreio de gordura, servido de duas maneiras: cru e marinado no missô. Ele é servido com picles de cenoura e rabanete, num corte conhecido como tsuma ou ken, utilizado em casas de alta gastronomia. Completa-se com quiabo levemente escaldado, mas sem perder a baba, e finalizado sobre carvão.

Menu mutante: receitas preparadas pelo chef variam diariamente Clayton Vieira/Veja SP

Também preparada na churrasqueira, a peça de gado wagyu recebe a guarnição de cogumelos shiitake e eryngui, salsão, milho, alho e tomate que também estagiam na grelha. Tostada até ficar morena, a enguia é misturada a gema orgânica e ao colorido da cebolinha picada. As vieiras, vindas de Picinguaba (SP), ficam douradas pelo efeito da brasas e tem complementos essenciais, os limões cravo e taiti.

Continua após a publicidade

Responsável pelas sobremesas, Suzana faz um delicado mochi, o arroz pilado e recheado de chocolate, que também é expedido na versão ruby. Para acompanhar a degustação, conhecida no Japão como kaiseki ryori, vale prestar atenção nas recomendações do sommelier Ricardo Santinho, um dos bons especialistas em bebidas da cidade.

Só 24 pessoas conseguem desfrutar esse caro banquete em seis etapas a R$ 300,00 por pessoa. Todos os lugares se concentram no balcão de doze assentos. Por isso, há dois turnos, um às 18h e outro às 21h. É imprescindível fazer reserva.

Murakami
Alameda Lorena, 1186, Jardim Paulista, tel. 3064-8868
De segunda a sábado, às 18h e às 21h
Clique aqui para saber todos os detalhes

Avaliação: ÓTIMO (quatro estrelas)

Faixa de preço: $$$$ (a partir de R$ 301,00)

Confira o cardápio, que muda sempre:

Continua após a publicidade
Divulgação/Divulgação

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:
Facebook: Arnaldo Lorençato
Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato

Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.br.

Continua após a publicidade

Caderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma
+ O tiramisu original
+ O melhor petit gâteau do Brasil

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha

Publicidade