Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 29 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

MasterChef 4: caixa misteriosa e prato do chef Emmanuel Bassoleil

Nesse episódio, há a última prova da edição com ingredientes surpresa seguida da reprodução de uma receita do renomado cozinheiro francês

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 18 jul 2017, 17h40 - Publicado em 18 jul 2017, 17h24

A festa do centésimo episódio do MasterChef Brasil foi boa para o reality culinário que chegou a liderar a audiência por 35 minutos na terça passada (11). Só não foi boa para o baiano Fabrizio, o eliminado da noite com bolo lindo, pesadão e pouco harmonioso na leitura dos jurados Paola Carosella (Arturito e La Guapa Empanadas), Erick Jacquin (Tartar & Co e Le Bife) e Henrique Fogaça (Sal GastronomiaJamileAdmiral’s Place e Cão Véio).

Mas voltemos ao início. A noite começou com uma visita a uma feira de comida onde os participantes puderam experimentar pratos de novos imigrantes. Na última prova em equipe desta temporada, uma turma ficou sob as ordens de Michele, que escolheu como a outra líder ninguém menos do que a Mirian.

Bolo bonitão: o visual caprichado não salvou Fabrizio Divlugação/Divulgação

Já separados em grupos, os participantes percorreram os tabuleiros montados por sírios, haitianos e congoleses. A missão era fazer comida brasileira com influências encontradas nesses países.

Ao visitarem cada banca, Mirian fazia perguntas demais e interrompia as respostas, o acabou dificultando o entendimento dos pratos explicados pelos imigrantes. E Mirian quase nem deixa o cozinheiro explicar. E foi assim em outras barracas. Resultado: rolou um climão com a Michele, que passou um pito na adversária. Aliás, Mirian estava bem saidinha e arriscou até um remelexo de dança do ventre.

Última prova com caixa surpresa: dois pratos, um salgado e o outro doce Carlos Reinis/Band/Divulgação

Derrotados na disputa inicial, Fabrizio, Leonardo, Michele e Valter tiveram de fazer o bolo comemorativo de 100º episódio de MasterChef Brasil. Não aquele bolo em andares apresentado o começo da prova, mas um bolo grande.

Como disse na abertura desse post, beleza não garante vitória a ninguém. Embora tenha feito o doce mais bonito entre os apresentados pelos concorrentes, Fabrizio ficou pelo caminho por causa do desequilíbrio de sabor. É a vitória do paladar.

Continua após a publicidade

Fogaça inspeciona o trabalho de Deborah: “quem vai sentar na graxa?” Carlos Reinis/Band/Divulgação

No programa de hoje (8), o terror constante dos participantes, a caixa misteriosa, aparece pela última vez na temporada. Embora os ingredientes não sejam exatamente difíceis de trabalhar, desastres hão de pintar por aí.

Talvez a principal dificuldade seja codorna, uma com carne se sabor mais intenso e, ao mesmo tempo, delicada de fazer. Também estão no pacote queijo, abobora, coco, pimentão, mandioca, manteiga… A proposta é fazer dois pratos em 1h15, um salgado e outro doce. Tem mais açúcar para atrapalhar a vida dos rivais.

Sofrimento mesmo será a prova eliminatória. Nada é mais desafiador do que fazer o prato assinatura de um chef. A missão é reproduzir uma receita emblemática do francês Emmanuel Bassoleil, que ficou conhecido pelo bom trabalho feito no extinto Roanne e hoje comanda o restaurante Skye, na cobertura do Hotel Unique (conheça o restaurante Skye clicando aqui).

O convidado, que aliás estreará o programa Um Dia de Chef, no canal pago Food Network como dei em primeira mão no blog, demonstrará como fazer o robalo com creme de inhame ao molho de champanhe. É complementado por caviar, sempre substituído por ovas Mujol, mais um pastel recheado das mesmas ovas. Provei diversas vezes essa receita e é esplêndida.

Conheça os participantes:

Veja São Paulo/Veja SP

Obrigado pela visita. Aproveite para deixar seu comentário, sempre bem-vindo, e curtir a minha página no Facebook. Também é possível receber as novidades pelo Twitter.

Continua após a publicidade

Publicidade