Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Felipe Cilli: do Piano Piano ao Pepe Nero

Responsável pela inauguração da cantina e autor do cardápio do Piano Piano, o chef Felipe Cilli foi desligado da agradável casa no dia 30 de março. “Foi um grande baque, porque era sócio minoritário do estabelecimento e o outro proprietário quis comprar a minha parte”, conta. O cozinheiro, porém, não teve tempo para se lamentar. […]

Por Arnaldo Lorençato - Atualizado em 27 fev 2017, 12h32 - Publicado em 25 abr 2012, 21h29

Cilli: receitas italianas modernas no Pepe Nero (Fotos: divulgação)

Responsável pela inauguração da cantina e autor do cardápio do Piano Piano, o chef Felipe Cilli foi desligado da agradável casa no dia 30 de março. “Foi um grande baque, porque era sócio minoritário do estabelecimento e o outro proprietário quis comprar a minha parte”, conta. O cozinheiro, porém, não teve tempo para se lamentar. Logo em seguida, ele foi convidado pelo empresário Andrea Doria Conte, um dos donos da rede Don Pepe di Napoli, para reformular o cardápio do Pepe Nero, comprado no fim do ano passado pelo grupo composto por dezenove restaurantes. O novato do time também fica em Moema, no térreo de um flat residencial.

“Abríamos apenas para o almoço em forma de bufê. Assim que Felipe saiu do Piano Piano, o convidei para trabalhar com a gente. Vamos incrementar o bufê e lançar um cardápio quando passarmos a funcionar no jantar”, explica Conte. Ele também afirma que a intenção é fugir do estilo cantina. “Esse tipo de cozinha é o nosso forte aqui no bairro [Moema], mas já cansou um pouco. Como já temos várias casas nesse gênero, não seria necessária outra”, explica.  O restaurateur também assegura que não deseja montar um lugar sofisticado. “Queremos fazer algo parecido com o Italy. Esse é o modelo para a gente”, garante.

Cilli conta que pretende fazer receitas como bisteca fiorentina, talharim com camarão e cogumelos ao limão-siciliano e risoto de brócolis ao vinho tinto adicionado de tentáculos de polvo no molho de hortelã e azeite. “Também quero montar um carrinho de antepastos para circular entre as mesas”, adianta o chef. Na cozinha, em reforma neste momento,  ele diz que terá massas frescas e secas de produção própria, além de fazer molhos e caldos igualmente elaborados por ele.

Sócia do Piano Piano, Paula Jannuzzi contou que está a procura de um chef para responder pelos fogões do restaurante, tocado por sua antiga equipe de cozinha.

Tanto o Pepe Nero e Piano Piano são dois endereços a conferir.

Pepe Nero: o ambiente envidraçado com mesas ao ar livre terá o visual reformulado

Continua após a publicidade
Publicidade