Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 27 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações de estabelecimentos. Além das atividades na Vejinha, leciona na Universidade Mackenzie

Eliminatória do MasterChef desta terça (30) terá prova incendiária

Primeira disputa da noite será marcada por bate-bocas entre os profissionais que sofrerão com a tensão de serem avaliados por 15 chefs renomados

Por Arnaldo Lorençato - 30 Oct 2018, 16h51

É quase uma academia de cozinha. No programa desta terça (30), haverá mais avaliadores do que concorrentes ao título de MasterChef Brasil Profissionais. Foram convidados nada menos que quinze conhecidos profissionais de São Paulo para testar os pratos na primeira prova da noite.

Divididos em duas equipes com quatro integrantes cada uma, os competidores terão de preparar dois menus completos com entrada, prato principal e sobremesa no Trio Pérgola, do casal Mara e Dudu Linhares. Caberá a três grupos de cinco profissionais escolherem as melhores entradas, pratos e sobremesas.

Azuis em treta: disputa de liderança entre Heaven e Rafael Carlos Reinis/Band/Divulgação

O grupo responsável por provar as entradas é composto por Aninha Gonzalez, Tata Cury, Vivi Barros, Viko Tangoda e Neka Menna, especialistas em banquetes.

Missão: faze entrada, prato e sobremesa Carlos Reinis/Band/Divulgação

A decisão sobre o melhor prato será definida pelo paladar de dois craques reconhecidos na mais recente edição especial Comer & Beber de Veja São Paulo, a personalidade gastronômica Mara Salles, do brasileiro Tordesilhas, e o chef revelação Luiz Filipe Souza, do italiano Evvai. Completa a equipe de feras Ana Luiza Trajano (Instituto Brasil a Gosto), Renata Braune (escola de gastronomia Le Cordon Bleu) e Rodolfo De Santis (Nino Cucina).

Continua após a publicidade
Azuis liderados por Heaven: orientações de Jacquin e Fogaça Carlos Reinis/Band/Divulgação

Para testar o resultado dos doces, foram convocados Marilia Zylbersztajn (confeitaria com seu nome), Saiko Izawa (A Casa do Porco Bar), Alex Miyaki (Balaio IMS), Mara Mello (da confeitaria digital com seu nome) e Luiz Farias.

No estúdio antes da eliminação, os quatro derrotados poderão para tentar a salvação em uma miniprova. Deverão preparar cinco carnes: cauda de lagosta, salmão, carré de cordeiro, peito de pato e contrafilé na forma de um bife de chorizo. E não poderão errar o ponto diante dos jurados Paola Carosella (Arturito e La Guapa Empanadas), Erick Jacquin (Le Bife) e Henrique Fogaça (Sal Gastronomia e Cão Véio).

Shin: sócio do Komah e chef do ano por VEJA COMER & BEBER SÃO PAULO Carol Gherardi/Veja SP

Em seguida, a cozinha pega fogo. Não literalmente, mas com os efeitos da incendiária culinária coreana de Paulo Shin, eleito o chef do ano pela edição especial Comer & Beber. A pimenta não é um detalhe, mas essencial nos pratos que ele elabora no Komah, restaurante fora do circuito da badalação, instalado numa rua da Barra Funda junto à linha férrea.

Dolsot bibimpah, receita composta de arroz de alga, gema, legumes, folhas e carne seca, do Komah Ligia Skowronski/Veja SP

A eliminatória é reproduzir o delicioso dolsot bibimbap, – provei e aprovei essa receita composta de arroz de algas com gema, legumes, salada e carne-seca, que curiosamente não precisa ser carregada no picante, mas que sem uma pimentinha pode virar algo bem sem graça. Quem mandar mal, deixa o reality para sete concorrentes. O eliminado vai se juntar a Thales que não conseguiu voltar, já que repescagem foi conquistada pela vegana Adriana, contraditoriamente numa prova com carne e outros insumos animais.

Continua após a publicidade
Carlos Reinis/Band/Divulgação

Conheça os participantes:

Divulgação/Divulgação

Valeu pela visita! Volte sempre e deixe seu comentário. Aproveite para curtir minha página no Facebook e minhas postagens no Instagram. As novidades quentes aparecem também no meu Twitter.

Publicidade