Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 29 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Saiba o que mudou no Eataly, que celebra quatro anos com baile de máscaras

Veja a evolução do supermercado gourmet, que promove evento dançante nesta quinta (30) em comemoração de aniversário

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 30 Maio 2019, 22h55 - Publicado em 30 Maio 2019, 18h48

Para comemorar os quatro anos de Brasil, o empório gourmet Eataly promove um baile nesta quinta (30). Desse assunto, trato mais adiante. Mais interessante é entender a evolução da marca em São Paulo desde a abertura, em 2015. Originalmente era um grandioso supermercado, instalado em um prédio de linhas retas com 4 500 metros quadrados de área construída distribuída por três pavimentos, onde se podia comprar de produtos italianos exclusivos como massas e tomate pelado — inclusive no tamanho cereja — a frutas frescas e Nutella. Esses itens continuam à venda.

De lá para cá, tornou-se um sucesso de público e um point turístico da cidade. Quem gosta de gastronomia e não é da cidade sempre dá uma passadinha por lá. Por isso, o Eataly coleciona número grandioso no Instagram. Apresenta mais de 411.000 seguidores, deixando para trás a sucursal do Flatiron, em Nova York, com 160.000, e o perfil geral italiano, que tem 82.000, ou 1/5 do paulistano.

Sardinha marinada: receita da festa Divulgação/Divulgação

Uma mudança radical se deu no avanço da área dos restaurantes. O sofrível Il Pesce, dedicado aos pescados, foi transformado em Mare Pesce & Vino, de cardápio mais apurado. Também avançou em área e ocupa todo o pedaço antes dedicado a azeites e massas no primeiro piso. Ficou colado à trattoria La Pizza di Eataly por Rossopomodoro, o maior dos sucessos da grande praça de alimentação que se transformou o shopping culinário. No primeiro piso, topa-se com o Bistecca, nascido como La Carne e especializado em novos cortes à italiana. 

Ainda no térreo, a portentosa padaria cedeu espaço para um fast-food igualmente popular. É a Pizza Romana, que serve pizzas de massa alta pré-pronta como se faz na capital da Itália. É possível pedir para aquecer e comer lá mesmo ou levar para casa.

Mais sofisticado dos restaurantes do Eataly, o Brace Bar & Griglia, comandado pela chef Ligia Karazawa, adotou outro cardápio em 2018 e acrescentou Radici ao nome. Durante esse quase um ano, funcionou como uma trattoria. Agora, voltou a ser Brace Bar & Griglia.

Ou seja: como supermercado gourmet italiano, o Eataly é uma fenomenal praça de alimentação.

Peixe branco alla vicentina: uma das pedidas da noite Divulgação/Divulgação

Bem, voltando ao assunto inicial desta nota, o Eataly realiza um baile para celebrar seus primeiros quatro anos a partir das 19h desta quinta (30). Se está pensando em participar, atente ao seguintes detalhes: traje social e máscara são obrigatórios na festa que ocupará os dois andares superiores do prédio e terá como tema um baile de máscaras ao estilo de Veneza, famosa por seu Carnaval e monumentos erguidos sobre espécies de palafitas.

Continua após a publicidade

Receitas originárias da cidade italiana vão ocupar o cardápio. São preparações como o peixe branco alla vicentina, sardinha marinada, polenta cremosa com tinta de lula e pizzas em três diferentes sabores. A comida é livre para quem pagar o ingresso.

Em estandes dispostos nos dois pavimentos haverá drinques feitos com Campari e Aperol, além de cervejas, vinhos italianos e sucos. Na decoração, a clássica gôndola veneziana, mesmo sem canais para navegar, será montada para quem quiser tirar fotos para o Instagram e outras redes sociais. Shows de bandas e dois DJs serão responsáveis pela animação.

Eataly
Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1489, Itaim Bibi, tel. 3279-3300
Das 19h à 0h. Ingressos (com tudo incluso): R$230,00
Vendas na porta

Com reportagem Gabriela Del’Moro

Valeu pela visita! Para me seguir nas redes sociais, é só clicar em:
Facebook: Arnaldo Lorençato
Instagram: @alorencato
Twitter: @alorencato

Para enviar um email, escreva para arnaldo.lorencato@abril.com.br

Caderno de receitas:
+ Fettuccine alfredo como se faz em Roma
+ O tiramisu original
+ O melhor petit gâteau do Brasil

E para não perder as notícias mais quentes que rolam sobre São Paulo, assine a newsletter da Vejinha

Continua após a publicidade
Publicidade