Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Cozinha do Lorençato convida Cesar Costa

Chef revelação pela edição VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2019/2020, o cozinheiro consegue fazer uma ótima combinação entre sabor e sustentabilidade

Por Arnaldo Lorençato - Atualizado em 22 Nov 2019, 08h03 - Publicado em 22 Nov 2019, 00h45

Sabor e sustentabilidade. Esse é o motor que impulsiona Cesar Costa, o 24º convidado do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia. Além de ter um de seus pratos reconhecidos como um dos dez melhores da capital e incluído no ensaio de capa da edição especial VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2019/2020, o cozinheiro, que comanda o Corrutela, na Vila Madalena, foi eleito o chef revelação.

Hortaliças, grãos e legumes estão em primeiro plano nas suas receitas. “Meu cardápio no Corrutela é como imagino a alimentação no futuro: com 60% a 70% de vegetais”, diz. Dentro dessa filosofia, Costa consegue fazer verdadeiras delícias usando trivialidades da feira com a couve-flor. Também valoriza cogumelos como o porcini, não o italiano, mas o cultivado em Santa Catarina.

Costa: “Meu cardápio é como imagino a alimentação no futuro: com 60% a 70% de vegetais” Arnaldo Lorençato/Veja SP

Para permanecer em paz com a natureza, aproveita água de reuso, utiliza energia solar e mantém uma máquina de compostagem que processa sobras de alimentos. Parte desse adubo orgânico vai para escolas e o restante para o Horto Florestal.

Outra preocupação é processar parte dos insumos no restaurante. “Moemos o nosso milho, o nosso trigo. Não se trata só de uma ação romântica. Gera economia e pouco resíduo”, garante.

Continua após a publicidade

Até se firmar no Corrutela em 2018, Costa era o que se poderia chamar de um chef pé na estrada. Passou por países tão diferentes quanto República Checa, Estados Unidos e Dinamarca. Para saber mais desse papo cheio de bom humor, dá o play no YouTube, no Spotify ou no Deezer ou aqui:

 

 

 

Publicidade