Clique e assine por apenas 6,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Como será a filial do Tre Bicchieri no JK Iguatemi

Sem pressa. Essa é a regra para a primeira filial do Tre Bicchieri no novo Shopping JK Iguatemi, inaugurado hoje (22). Enquanto alguns restaurantes, como o Almanara, o Forneria, o Ráscal e o Varanda já estão em pleno funcionamento, a casa italiana ficará pronta somente no fim de julho. Com o mesmo grupo societário da […]

Por Arnaldo Lorençato - Atualizado em 27 fev 2017, 12h23 - Publicado em 22 jun 2012, 22h20

Fachada da primeira filial: desenho do escritório francês Carbondale desenvolvido pelo arquiteto Eric Carlson

Sem pressa. Essa é a regra para a primeira filial do Tre Bicchieri no novo Shopping JK Iguatemi, inaugurado hoje (22). Enquanto alguns restaurantes, como o Almanara, o Forneria, o Ráscal e o Varanda já estão em pleno funcionamento, a casa italiana ficará pronta somente no fim de julho.

Com o mesmo grupo societário da matriz, a nova unidade tem como cabeças o trio formado por Cid Simão, Marcos Freitas e o chef Rodrigo Queiroz. “Somos donos de 50% do restaurante”, revela Simão. Para montar essa unidade, o pool de sete sócios, que inclui Juscelino Pereira, do Piselli, e Ricardo Trevisani,  da Maremonti, mais dois investidores, diz ter investido a quantia de 5 milhões de reais. “Tivemos algumas facilidades. Não pagamos pelo ponto, por exemplo”, revela o restaurateur.

Por outro lado, eles tiveram de oferecer contrapartidas ao shopping. Por indicação da direção do centro de compras, o projeto foi desenvolvido pelo escritório francês Carbondale e tem a assinatura do arquiteto americano Eric Carlson.  “Ele é responsável pela flagship store da Louis Vuitton, na Champs-Élysées de Paris e criou um ambiente ultramoderno no estilo do JK, que em nada lembra nosso restaurante do Itaim”, revela Simão. Também saiu da prancheta de Carlson a fachada, uma espécie de vitrine feita de copos produzidos em Murano, famosa cidade venêta, conhecida pela qualidade do vidro que produz.

O menu será parecido, mas não idêntico ao da matriz. Continurão a ser oferecidos campeões de pedidos, como o tortelli de pecorino e a paleta de cordeiro assada com legumes e batata. “Mas o cardápio será adaptado ao shopping. As receitas não se limitarão à Toscana, serão de todas as regiões da Itália. Teremos lasanha típica de Bolonha, por exemplo”, adianta Simão. Mas só em 30 ou 31 de julho, data previstas para a inauguração do Tre Bicchieri.

Os sócios Queiroz, Simão e Freitas: inauguração só no fim de julho (Foto:  Isabella Daelli)

Continua após a publicidade
Publicidade