Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 28 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Comer, beber, votar

O título acima não é meu. Tomei-o emprestado de um post do “blog da Rita”. Dos nove especialistas em gastronomia que convidei para compor o júri de restaurantes do “Comer & Beber 2011-2012”, foi justamente Rita Lobo, diretora do site Panelinha e colunista da revista LOLA, quem comentou cada um de seus votos nas dezenove […]

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 27 fev 2017, 13h01 - Publicado em 23 set 2011, 01h00

Rita Lobo: maratona gastronômica para visitar 51 restaurantes paulistanos em dois meses (Foto: Eudis Regis)

O título acima não é meu. Tomei-o emprestado de um post do “blog da Rita”. Dos nove especialistas em gastronomia que convidei para compor o júri de restaurantes do “Comer & Beber 2011-2012”, foi justamente Rita Lobo, diretora do site Panelinha e colunista da revista LOLA, quem comentou cada um de seus votos nas dezenove categorias.

Aliás, em um não, mas em dois posts saborosos, ela conta sua rotina durante dois meses em que visitou 51 restaurantes na cidade. Nas palavras delas, “um intensivão gastronômico”. Uma tarefa de dar água na boca, que exigiu muita dedicação, disposição e muito, muito apetite.

+ A maratona de visitas

Rita e todos os jurados tinham de prestar atenção a todos os detalhes à mesa, observar o salão, acompanhar o serviço e não se esquecer de pegar a nota fiscal ao fim de cada refeição. Só assim poderiam comprovar os gastos que seriam abatidos de 11.220 reais previamente depositados em suas contas.

Além de ir aos restaurantes escolhidos livremente em uma lista com mais de 600 endereços, Rita narra o esforço para evitar uns quilinhos extras, justo ela que começou a carreira como modelo. “Tive de ar um tempo do jeans de sempre. Ficou apertado”, entrega, ao mesmo tempo que diz ter voltado à boa forma. Coisas de mulher.

Também revela quais foram seus endereços finalistas e como decidiu o voto, uma missão nada fácil e de imensa responsabilidade.

+ Os finalistas e os escolhidos

Continua após a publicidade
Publicidade