Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 29 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Chef Thiago Cerqueira Lima comandará o Sympa!

Chef de espírito cigano, Thiago Cerqueira Lima parece finalmente ter encontrado um ancoradouro. Depois de passar recentemente por casas como La Maison est Tombée, Tartar&Co e Le Repas, ele se prepara para abrir o Sympa!. O restaurante francês moderno surge onde ficava o extinto Epice, de Alberto Landgraf, que arribou e levou suas caçarolas para o Rio […]

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 26 fev 2017, 11h14 - Publicado em 9 jul 2016, 16h46
Thiago: consultoria para o Pôro antes de assumir a cozinha do Tartar&Co (Foto: acervo pessoal)

Lima: promessa de cozinha autoral  no Sympa! (Foto: acervo pessoal)

Chef de espírito cigano, Thiago Cerqueira Lima parece finalmente ter encontrado um ancoradouro. Depois de passar recentemente por casas como La Maison est Tombée, Tartar&Co e Le Repas, ele se prepara para abrir o Sympa!. O restaurante francês moderno surge onde ficava o extinto Epice, de Alberto Landgraf, que arribou e levou suas caçarolas para o Rio de Janeiro.

+ A padaria de 8 milhões de reais

O projeto do Sympa! é uma parceria com o empresário Guilherme Vilazante, egresso do mercado financeiro e hoje sócio do Sarrasin e do recém-inaugurado Salvatore Loi. Com “total liberdade para criar”, Lima reforça que investirá em receitas autorais, embora não goste de usar o termo “porque parece pretensioso”.

Detalhe do salão em reforma: tentativa de não parecer com o Epice

Detalhe do novo salão: tentativa de não parecer com o extinto Epice (Arquitetura: Fernanda Lara e Kelly Pilon)

O chef explica que sua intenção é oferecer uma comida jovem e descolada. “Não quero mais fazer a cozinha de bistrô clássica”, reforça, embora se proponha a revisar pratos tradicionais à sua maneira, mas sem invencionices. Nesse momento, o menu do Sympa! ainda está no “esqueleto”, porque o chef não tem acesso à cozinha, onde realizará os testes, como me contou de Porto Alegre, onde passa o fim de semana. Será necessário esperar o avanço da reforma do espaço.

+ Saiba onde foi gravado o MasterChef da pizza

“Será um cardápio com muito frescor e não terá nada do que fiz nas outras casas onde trabalhei”, garante. “Irei numa linha mais minimalista mas com o rigor da técnica”. Lima promete trabalhar, por exemplo, com carnes bovinas menos usuais como a bochecha ou o jarret. “Estou fugindo do filé e do entrecôte.”

Sympa! 2

Salão-corredor: o bar também permanecerá na entrada

O curioso nessa história de ocupar o ponto vago nos Jardins é que, quando o Epice estava para ser aberto, Thiago lembra que foi um profissionais cotados para dirigir a cozinha. “Não deu certo porque na época fui trabalhar em Floripa”, conta. “Fiquei de olho quando o Alberto [Landgraf] fechou”.

Continua após a publicidade

+ Alex Atala é retratado na nova temporada de Chef’s Table

Ao surgir a oportunidade de montar o Sympa! com Vilazante, Lima não hesitou em sair do Le Repas, ao qual tinha se associado recentemente. “Era minha chance de desenvolver um trabalho especial, já que é o Sympa! é um pequeno, com apenas 38 lugares.”

+ A vida de Erick Jacquin vira reatlity show da Fox Life

No papel de investidor, Vilazante revela que foi necessário fazer uma pequena engenharia financeira ao comprar o ponto de Landgraf. “Assumi os passivos, que eram completamente administráveis e paguei o restante”, explica.

+ Quiz: os melhores hambúrgueres de SP

O que mais chamou a atenção do empresário foi o ótimo estado do restaurante. “Há uma cozinha extraordinária com três fornos combinados, duas chapas francesas, uma coifa de primeira linha, ilhas de trabalho da Macon…”, afirma com entusiasmo.

+ Thiago Cerqueira Lima comanda cozinha do Le Repas

Vilazante acredita que em 40 dias o Sympa! estará pronto para funcionar. Ou seja, em meados de agosto. “Será uma mudança mais cenográfica, apenas no salão”, adianta. “Investiremos entre 150.000 e 200.000 reais na reformulação.”

A conferir.

Caderno de receitas:
+ Pudim de leite, do chef Alberto Landgraf
+ Suflê de queijo gruyère, do Marcel
+ Galette de ovo, presunto e emmental, do Sarrasin
+ Petit gâteau, do chef Erick Jacquin

Obrigado pela visita. Aproveite para deixar seu comentário, sempre bem-vindo, e curtir a minha página no Facebook. Também é possível saber as novidades pelo Twitter e pelo Instagram.

Continua após a publicidade
Publicidade