Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 29 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Alex Atala explica o preço das marmitas

Servidas a partir do almoço desta segunda (12), as refeições prontas causaram polêmica pelos valores cobrados. Afinal, custam caro?

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 13 mar 2018, 00h07 - Publicado em 12 mar 2018, 20h07

Desde o almoço desta segunda (12), o premiado chef Alex Atala passou a oferecer dois tipos diários de marmita, montados na hora naquela vasilhas clássicas de alumínio e durante a semana no almoço, no charmoso e minúsculo Mercadinho Dalva  e Dito. Os preços cobrados por elas causaram comoção entre os internautas. Custa 27 reais a vegetariana de 400 gramas; 35 reais a composição de arroz e feijão mais frango, carne ou peixe também de 400 gramas; e 50 reais a versão de 800 gramas frango, carne ou peixe.

Houve quem achasse caro e assim como aqueles que defenderam os valores cobrados, numa espécie de Fla X Flu culinário. O chef explica que queria prestar mais um serviço para os clientes de seu restaurante, o Dalva e Dito, do qual o empório é anexo. “Muita gente costuma encomendar nossa comida. E os preços são parecidos com os cobrados nos quilos dos shoppings”, explica. “Basta fazer o cálculo: a marmita de 800 gramas dá para duas pessoas que comem por 25 reais cada uma. Sai barato.”

Atala, que mantém uma equipe afinada no  restaurante Dalva e Dito, onde funciona o empório, também esclarece porque optou pelas tradicionais marmitas de alumínio para receber as receitas simples preparadas pelo sob a supervisão do chef Elton Júnior. “Pago 6 reais por cada uma delas. Não escolhi só pelo lado nostálgico, mas pelo caráter sustentável. O alumínio é infinitamente reciclável. O isopor e plástico seriam um  problema.”

Outra vantagem é que o consumidor rotineiro das refeições poderá devolver a marmita, desde que esteja limpa e não tenha nenhum sinal de amassado. “Daremos um desconto de 5 reais”, afirma.

Opção da quarta (14): arroz feijão, bife acebolado de filé-mignon e salada de batata Ricardo D'Angelo/Divulgação

Quem estiver interessado nas marmitas do Mercadinho Dalva  e Dito, o cardápio desta terça (13) tem o vegetariano macarrão com molho branco e brócolis e o arroz, feijão, pernil e farofa de pão. Quarta (14), é dia arroz-vermelho com legumes assados na linha só vegetais e arroz feijão, bife acebolado de filé-mignon e salada de batata.

Obrigado pela visita. Aproveite para deixar seu comentário, sempre bem-vindo, e curtir a minha página no Facebook. Também é possível receber as novidades pelo Twitter e seguir minhas postagens no Instagram.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade