Clique e assine por apenas 6,90/mês

São Paulo Cia. de Dança – Six Odd Pearls

VejaSP:

Resenha por Carolina Giovanelli

Já virou praxe o competente grupo paulistano realizar suas temporadas no Teatro Sérgio Cardoso. A rotina não tira o caráter especial de cada uma delas. Até 26 de junho de 2016, os bailarinos apresentam sete coreografias, duas delas estreantes no repertório. De quinta (2) a domingo (5), o palco da Bela Vista recebe a primeira criação do americano Richard Siegal para uma companhia brasileira, Six Odd Pearls. Inspirado pelas composições barrocas do francês Jean-Philippe Rameau (1683-1764), o artista aposta em passos suaves e no balé clássico mesclado com outros estilos. As sessões incluem ainda duas obras de autoria do checo Jirí Kylián. Indigo Rose, de movimentação rápida, faz alusão à busca da perfeição. Impulsionada pela iminência da morte, a bela Petite Mort usa floretes como artifício cênico. Nas próximas semanas, tem vez também uma remontagem inédita de uma criação do alemão Uwe Scholz (1958-2004), além das antigas O Sonho de Dom Quixote, The Seasons e Sechs Tänze. Prepare-se: na temporada seguinte, que começa em novembro no mesmo teatro, serão cinco coreografias novas. Dias 2, 3, 4 e 5/6/2016.

    info
  • Duração: 90 minutos
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.