Guillermo Kuitca – Filosofia para Princesas

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Laura Ming

A Pinacoteca caprichou na programação deste mês. Além de apresentar a retrospectiva de Mira Schendel e a mostra de Leonilson, está em cartaz, no espaço, Filosofia para Princesas, do argentino Guillermo Kuitca. Não se deixe iludir pelo título — nada ali lembra os contos de fadas. Recorrentes na produção do artista, a solidão e o deslocamento aparecem em telas que retratam esteiras vazias de aeroporto ou um teatro sem plateia. Mapas e plantas arquitetônicas também inspiram as criações. No octógono do museu está a curiosa instalação Le Sacre, composta de 54 minicamas cujos colchões receberam pinturas de mapas rodoviários. A obra é mais bem observada do último andar, de onde se perde a noção do tamanho do trabalho. Organizadas em ordem cronológica, as cinquenta peças revelam como Kuitca foi deixando as figuras humanas de lado até chegar à abstração. De 18/7/2014. Até 2/11/2014.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s