GIL70

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Jonas Lopes

Em homenagem às sete décadas de vida, Gilberto Gil ganha homenagem no Itaú Cultural. Nem tudo, entretanto, funciona na mostra, que parece uma versão desnecessariamente estendida da série Ocupações. A vida e a carreira do baiano são lembradas em um painel enorme e de leitura cansativa. Há obras interativas criadas por artistas plásticos e até cantores. Curioso: as melhores são aquelas cujas relações com a produção de Gil parecem distantes e abstratas, a exemplo dos trabalhos de Antonio Dias e Raul Mourão. Os exemplos não tão interessantes incluem uma videoinstalação tola de Adriana Calcanhotto e telas de Antonio Peticov. De 12/12/2012 a 17/02/2013.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s