Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Festival Internacional Lume de Cinema

Tipos de Gêneros dramáticos: Mostra
VejaSP:

Realizado pela Lume Filmes, o Festival conta com sete longas-metragens e dez curtas-metragens na Mostra Competitiva. De 2 a 8/3/2017.

Confira a programação:

Quinta, 2 de março
16h30 – Infinito (2014), de Lukas Dhont
16h30 – Jovens Infelizes ou Um Jovem Que Grita Não é Um Urso que Chora (2016), de Thiago B. Mendonça
19h – Leste Oeste (2016), de Rodrigo Grota
21h – Over (2015), de Jörn Therfall
21h – Thread (2016), de The Boy
21h – Eclipse Solar (2015), de Rodrigo de Oliveira

Sexta, 3 de março
16h30 – Over (2015), de Jörn Therfall
16h30 – Thread (2016), de The Boy
19h – Infinito (2014), de Lukas Dhont
19h – Jovens Infelizes ou Um Jovem Que Grita Não é Um Urso que Chora (2016), de Thiago B. Mendonça
21h – Eclipse Solar (2015), de Rodrigo de Oliveira
21h30 – O Homem que Virou Armário (2015), de Marcelo Ikeda
21h30 – Amok (2016), de Vardan Tozija

Sábado, 4 de março
16h30 – Ainda Sangro Por Dentro (2016), de Carlos Segundo
16h30 – Devorando seus Ossos (2014), de Jean-Charles Hue
21h30 – Import (2016), de Ena Sendijarevic
21h30 – O Presente (2015), de Sophie Perrier
21h30 – Carne e Sangue (2016), de Maud Alpi

Domingo, 5 de março
16h30 – O Filho (2015), de Hristo Simenov
16h30 – O Retorno (2015), de Maria Guskova, Rússia
16h30 – Leste Oeste (2016), de Rodrigo Grota
19h – Import (2016), de Ena Sendijarevic
19h – O Presente (2015), de Sophie Perrier
19h – Carne e Sangue (2016), de Maud Alpi
21h30 – Aquela Rua Tão Triumpho (2016), de Gabriel Carneiro
21h30 – Anjo Ferido (2016), de Emir Baigazin

Segunda, 6 de março
16h30 – Import (2016), de Ena Sendijarevic
16h30 – O Presente (2015), de Sophie Perrier
16h30 – Carne e Sangue (2016), de Maud Alpi
19h – Aquela Rua Tão Triumpho (2016), de Gabriel Carneiro
19h – Anjo Ferido (2016), de Emir Baigazin
21h30 – Ainda Sangro Por Dentro (2016), de Carlos Segundo
21h30 – Devorando seus Ossos (2014), de Jean-Charles Hue

Terça, 7 de março
16h30 – Over (2015), de Jörn Therfall
16h30 – 16h30 – Thread (2016), de The Boy
21h – Eclipse Solar (2015), de Rodrigo de Oliveira
19h – O Homem que Virou Armário (2015), de Marcelo Ikeda
19h – Amok (2016), de Vardan Tozija
21h30 – Aquela Rua Tão Triumpho (2016), de Gabriel Carneiro
21h30 – Anjo Ferido (2016), de Emir Baigazin

Quarta, 8 de março
16h30 – Infinito (2014), de Lukas Dhont
16h30 – Jovens Infelizes ou Um Jovem Que Grita Não é Um Urso que Chora (2016), de Thiago B. Mendonça
19h – O Retorno (2015), de Maria Guskova
19h – Leste Oeste (2016), de Rodrigo Grota
21h30 – Angústia (2016), de Frederico Machado

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.