Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Antonio Parreiras

Resenha por Jonas Lopes

Pintor fluminense do início do século XX, Parreiras (1867-1937) tem vinte trabalhos exibidos, feitos entre 1904 e 1929. Além de pinturas, há cinco desenhos raros. O artista revela apuro técnico, sobretudo na realização de paisagens e em Estudo para a Morte de Virgínia, que revela grande influência da obra-prima O Homem Morto, de Édouard Manet. Ainda assim, incomoda o anacronismo estético da seleção: há telas da década de 10 ou de 20 ainda calcadas em certo naturalismo do século XIX, algo impensável depois de Picasso ter pintado As Senhoritas de Avignon. Também em cartaz na Pinacoteca: ✪✪ Gênese e Celebração (máscaras e esculturas africanas) ✪✪ O Mais Parecido Possível — O Retrato (fotografias). De 06/10/2012 a 03/03/2013. Prorrogada até 17/03/2013.