Clique e assine com até 89% de desconto

Adornos do Brasil Indígena: Resistências Contemporâneas

VejaSP:

Resenha por Julia Flamingo

Para diversas tribos indígenas brasileiras, os adornos servem para identificação das etnias, embelezamento e manutenção de tradições. Colares, cocares e máscaras, além de objetos como urnas funerárias integram a coleção do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP (MAE), que emprestou 200 peças ao Sesc Pinheiros. Na mostra Adornos do Brasil Indígena: Resistências Contemporâneas, elas são apresentadas ao lado de trabalhos de artistas contemporâneos, como a série Marcados, de Claudia Andujar. Até 8 de janeiro de 2017.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.