Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

A Arte e a Maneira de Abordar seu Chefe para Pedir um Aumento

VejaSP:

Resenha por Dirceu Alves Jr.

No final das contas, sempre teremos Marco Nanini. E também vai valer a pena sair de casa, enfrentar as adversidades e ver esse grande ator no palco. Sob a direção de Guel Arraes, Nanini protagoniza – com o brilho esperado – o monólogo cômico escrito pelo francês Georges Perec (1936-1982). O texto é de 1969, e seu argumento carrega uma atualidade espantosa. Em uma espécie de palestra, o protagonista apresenta um manual combinatório de probabilidades para a conversa com o patrão. O salário está insuficiente, principalmente se comparado à dedicação do funcionário, mas não também não dá para pagar mico diante do superior. O ridículo da situação serve de base para ironizar o mundo corporativo e a relação de exploração capitalista. Como dramaturgia, a obra de Perec é desafiadora para o intérprete. Nanini se mantém firme, reforçando as muitas repetições de frases e situações escritas pelo autor sem jamais se deixar seduzir por interações pueris com plateia. Para o espectador, no entanto, esse vai e vem de cenas quase iguais torna-se um tanto maçante e só ganha dimensão em nome de Nanini. O ator reforça as nuances do personagem, que passeia pelo tragicômico, deboche, ironia e, inclusive, pelo dramático. Torna-se visível, no entanto, um desapontamento no resultado, principalmente por conta de uma direção que investe excessivamente no visual, quando o intérprete e as palavras – mesmo labirínticas – já seriam suficientes. Ainda mais com recursos conhecidos do universo televisivo. A programação visual criada por Batman Zavareze surge plenamente dispensável. As projeções – igualmente repetitivas, claro – desvalorizam a montagem e a aproxima das embalagens usadas nas séries de humor criadas por Guel Arraes na Rede Globo. Estreou em 1º/11/2013. Dias 31/1 e 1º/2/2014.

    info
  • Direção: Guel Arraes
  • Duração: 65 minutos
  • Recomendação: 12 anos
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.