Música

Zimbo Trio abre exposição em homenagem a Elis Regina

Grupo se apresenta neste sábado (14) ao lado de Fabiana Cozza no Centro Cultural São Paulo

Por: Mariana Gabellini - Atualizado em

Elis Regina
30 anos sem Elis: Zimbo Trio abre exposição em homenagem a intérprete (Foto: Paulo Salomão)

Composta por mais de 250 fotos, réplicas de figurino e documentos raros, a exposição Viva Elis marca os trinta anos da morte de uma das maiores intérpretes do país. Neste sábado (14), data de abertura da mostra, Zimbo Trio e Fabiana Cozza apresentam no Centro Cultural São Paulo um tributo a Elis Regina, com sucessos de sua carreira.

+ Homenagem de Maria Rita a Elis Regina é adiada

+ Homenagem a Elis Regina reúne livro, exposição e show

Originalmente formado por Amilton Godoy ao piano, Luíz Chaves no contrabaixo e Rubinho Barsotti na bateria, em 1965 o trio era responsável por acompanhar musicalmente o programa “O Fino da Bossa”, na TV Record, quando Elis e Jair Rodrigues recebiam convidados que despontavam na música brasileira. Passaram por lá Tom Jobim e Vinicius de Moraes, por exemplo.

Neste final de semana, o trio hoje composto por Godoy, Mario Andreotti (contrabaixo) e Pércio Sápia (bateria) retoma canções que marcaram a trajetória da Pimentinha, em repertório com onze canções. Integram a lista “Madalena”, de Ivan Lins e Ronaldo Monteiro de Souza, “Arrastão”, de Edu Lobo e Vinicius de Moraes, e “Preciso Aprender a Ser Só”, de Marcos e Paulo Sérgio Valle.

Assim como a exposição, o show terá entrada franca. No entanto, é preciso retirar os ingressos duas horas antes da apresentação, marcada para ocorrer às 20h na Praça Mário Chamie. A entrada também é limitada: são apenas 170 lugares. A exposição permanece no CCSP até 20 de maio.

Fonte: VEJA SÃO PAULO