Memória

Zeca Pagodinho desabafa sobre a morte do filho no Facebook

Cantor passou mal e não acompanhou o enterro de Elias Gabriel, de 28 anos, que morreu em virtude de complicações pneumológicas

Por: VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

O cantor Zeca Pagodinho publicou em seu perfil oficial no Facebook uma mensagem para o filho Elias Gabriel, de 28 anos, que morreu às nesse domingo (4) em virtude de complicações pneumológicas. No texto, o músico aproveitou para explicar por que não permaneceu no Cemitério de Irajá, no Rio de Janeiro, para o enterro de Gabriel. Ele esteve no local durante o velório, mas foi embora após se sentir mal.

"Entendo a necessidade de uma declaração minha sobre este momento, mas , na verdade, não tenho o que falar a não ser que Gabriel era um filho querido e uma pessoa adorada não só pela família mas também pelos amigos. Nos deixou muito cedo. O que dizer sobre a morte de um filho? Não consegui ficar, pois além de ainda estar me recuperando da cirurgia na coluna, não me senti emocionalmente preparado para o final. Que Deus o ilumine.”

+ Morre o dramaturgo Chico de Assis

Gabriel estava internado desde o dia 31 de dezembro de 2014 no Hospital Salgado Filho, no Méier, Zona Norte do Rio de Janeiro. O enterro do foi realizado nesse domingo, no Cemitério de Irajá.

Casado há 28 anos com Mônica Silva, Zeca Pagodinho também é pai de Louis, Eliza, Maria Eduarda e Eduardo. Gabriel era fruto de uma relação antiga do artista.

Em sua conta no Instagram, Eliza lamentou a morte do irmão: "Eu não queria que o ano novo fosse assim. Queria poder passar bem juntinho de você, rindo, comemorando e bebendo. Queria poder ter todos aqueles momentos de volta, queria ter você de volta aqui. Meu irmão querido, não consigo entender a vida direito e não entendo por que levam pessoas boas como você."

+ Confira as últimas notícias

Sambistas como Arlindo Cruz compareceram ao velório. O prefeito Eduardo Paes e a escola de samba Portela, pela qual torce o Zeca Pagodinho, enviaram coroas de flores em homenagem a Elias.

Fonte: VEJA SÃO PAULO