Terraço Paulistano

Wanderley Nunes e Lucas Di Grassi em pé de guerra

O cabeleireiro acredita ter sido passado para trás pelo piloto

Por: João Batista Jr. - Atualizado em

Wanderley Nunes e Lucas Di Grassi_terraço paulistano 2177
Wanderley Nunes e Lucas Di Grassi: acusação de calote (Foto: Thiago Bernardes / Cida Souza)

Um dos cabeleireiros mais prestigiados do país está furioso. Wanderley Nunes afirma ter sido responsável por apresentar o piloto Lucas Di Grassi ao seu ex-empresário, Roberto Sidi. Também informa ter feito a ponte entre os dois e o departamento de marketing da Unilever, que fechou um patrocínio de 2 milhões de euros com a escuderia de Di Grassi, a Virgin, para esta temporada. Por causa da bolada, o piloto de Fórmula 1 teria acertado dar 150 000 euros a Nunes e outro tanto a Sidi. Apenas o último teria recebido parte desse pagamento. O cabeleireiro, nada. “Fui passado para trás”, diz. O pai de Lucas, o empresário Vito Di Grassi, confirma que foi Nunes quem apresentou Sidi a seu filho. “Mas o acordo firmado entre eles não nos diz respeito”, explica. Di Grassi pai acusa Nunes de ter telefonado para sua casa à 1 hora da manhã cobrando o dinheiro (“Ele devia estar bêbado”, acredita) e informa que o piloto não tem mais ligação comercial com seu ex-empresário. “Meu cliente realmente tem parcerias com o cabeleireiro Nunes”, diz Marcelo Campos Silva, advogado de Sidi. “Mas nada que envolva o piloto.”

Fonte: VEJA SÃO PAULO