Cotação à mesa

Wall Street Bar: preço da cerveja varia durante a noite

Tecnologia simula sistema da Bolsa de Valores e cliente pode pagar de R$ 4,50 a R$ 16 pela mesma cerveja

Por: Isabela Rosemback - Atualizado em

wall street bar
O salão do piso superior: mesas equipadas com tela touch screen (Foto: Raul Zito)

O Wall Street Bar tem uma proposta diferenciada, nos moldes norte-americanos. Em cada uma das mesas da balada, há um monitor no qual o cardápio funciona por um sistema similar ao da Bolsa de Valores.

+ Confira as casas noturnas de luxo da cidade

Conforme as bebidas são pedidas pelos clientes, os preços oscilam _entre R$ 4,50 e R$ 16 a garrafa de 600 ml de cerveja nacional, por exemplo. As cervejas importadas giram em torno de R$ 21, a garrafa de 960 ml.

As músicas tocadas na casa também podem ser escolhidas na mesa. Para ter acesso ao bar, aos finais de semana, mulheres pagam R$ 15, e os homens, R$ 30, consumíveis. Nos demais dias, a entrada é gratuita.

+ Luxo: veja guia com os melhores restaurantes, cinemas, baladas e muito mais

Costumam frequentar o Wall Street Bar famosos como Daniela Cicarelli, Roberto Justus, João Armentano, Antonio Fagundes, Sócrates, Supla, Amaury Jr, Gastão e Carla Lamarca.

  • Veja guia com os melhores restaurantes, cinemas luxuosos, baladas VIPs, e muito mais
    Saiba mais
  • Bares variados

    Wall Street Bar

    Rua Jerônimo da Veiga, 149, Jardim Europa

    Tel: (11) 3078 3050

    5 avaliações

    Aqui, o preço das bebidas oscila conforme o número de pedidos, imitando uma bolsa de valores. Os clientes comandam a brincadeira de terminais de touch screen instalados nas mesas e acompanham a “cotação” nos letreiros eletrônicos nas paredes. Marcas de cerveja como Stella Artois, Norteña e Colorado abastecem a jovem clientela. Os petiscos têm valor fixo. Mire os mini-hambúrgueres incrementados por pasta de raiz-forte.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO