Shows

Wagner Moura se apresenta com a banda Legião Urbana

Remanescentes do grupo de Renato Russo contam com o ator no microfone

Por: Carol Pascoal

Marcelo Bonfá, Wagner Moura e Dado Villa-Lobos - 2271 - Abre Shows
Marcelo Bonfá, Wagner Moura e Dado Villa-Lobos: dois espetáculos no Espaço das Américas (Foto: Divulgação)

Em 1992, a banda brasiliense Legião Urbana já tinha uma década de estrada e gravou o segundo acústico da história da MTV. Naquela ocasião, os integrantes tocaram faixas como “Índios”, “Pais e Filhos” e, de improviso, “Hoje a Noite Não Tem Luar”. O emblemático trabalho saiu apenas em 1999, três anos após a morte do líder e cantor Renato Russo (1960-1996). Agora, para comemorar os trinta anos do grupo, a emissora reuniu os remanescentes do conjunto para um tributo. Em duas apresentações no Espaço das Américas, o baterista Marcelo Bonfá e o guitarrista Dado Villa-Lobos recebem no palco o ator baiano Wagner Moura, que assume o microfone. Um dos motivos para a escolha do inusitado vocalista foi a boa performance dele ao interpretar a música “Será” no filme “Vips” (2010). “A princípio achamos a ideia estranha, mas o entusiasmo do Wagner foi determinante para aceitarmos o desafio”, diz Bonfá.

+ Gal Costa: "Hoje, até quem não tem tanto talento pode cantar"

+ Franz Ferdinand faz show gratuito

Nos shows dirigidos pelo cineasta Felipe Hirsch serão executadas 25 canções, entre clássicos e lados B. O trio contará com o apoio de Rodrigo Favaro (contrabaixo), Gabriel Carvalho (guitarra e violão) e Caio Fonseca (teclados). Mesmo com o clima festivo, nem tudo foi tranquilo na organização do evento. A família de Renato Russo possui os direitos da marca Legião Urbana e não autorizou o uso do nome. “Não queremos substituir o Renato”, explica Villa-Lobos. “Vamos só fazer uma festa com as músicas que foram determinantes para a formação de tanta gente.” Diante do impasse com a família, ainda não está confirmado se os espetáculos serão exibidos na TV ou lançados em CD e DVD.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO