Mistérios da Cidade

Voodoohop: a festa acabou

Festa que rolava em um galpão na Bela Vista foi fechada pela prefeitura após informações não comprovadas de tentativa de protesto

Por: Henrique Skujis - Atualizado em

Na madrugada do dia 18, a prefeitura fechou a festa Voodoohop, que rolava num galpão na Bela Vista. Os fiscais apareceram depois que vazou a informação (não comprovada) de que os organizadores queriam protestar contra o “careteamento” da cidade e ignorar as leis do Psiu e Antifumo. O alemão Thomas Haferlach, da Voodoohop, dá a sua versão dos fatos.

As condições eram mesmo irregulares?

Não sabíamos que a casa não tinha alvará. Havia três seguranças para fiscalizar fumantes, mas é difícil controlar tanta gente.

Qual é a proposta da Voodoohop?

Unir diversão e cultura, ser uma alternativa às boates caras e sem graça e levar o lazer para o centro da cidade.

O que vai ser feito daqui para a frente?

Procuramos um espaço regularizado, mas não vamos perder o espírito de fazer festas alternativas.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO